No Instagram

O relato emotivo de Chrissy Teigen sobre morte do filho: "Beijei-o vezes e vezes sem conta"

Chrissy Teigen fala, pela primeira vez, sobre o luto pela morte do filho recém-nascido, num texto emotivo que partilhou nas redes sociais.

Chrissy Teigen e John Legend perderam o terceiro filho, durante o parto, e a modelo falou, agora, pela primeira vez acerca do processo de luto que está a viver.

"Disseram-me que seria hora de o deixar", conta Chrissy Teigen, revelando que a recordação da perda do bebé no parto a faz sentir novamente em dor.

A modelo, de 34 anos, recordou, ainda, que perdeu o filho, Jack, após o parto ser induzido às 20 semanas de gestação. "Um menino que nunca teria sobrevivido na minha barriga", mas, mesmo assim, a mulher de John Legend tinha esperança que sobrevivesse.

Depois de ter passado algumas noites no hospital a ser acompanhada, a modelo desvendou que percebeu que "era hora de dizer adeus". "Ele simplesmente não sobreviveria a isto e, se durasse mais, eu também não", constatou Chrissy Teigen, que explicou que o processo envolveu ficar em repouso absoluto, em casa, durante mais de um mês, na esperança de que o bebé chegasse às 28 semanas. 

"Sempre tive problemas de placenta. Tive de dar à luz o Miles [filho mais novo] um mês antes, porque o bebé não estava a conseguir comida suficiente", recordou a modelo, antes de explicar: "Na cama, sangrei e sangrei, levemente, mas os dias todos, trocando as minhas próprias fraldas a cada duas horas."

Depois, Chrissy Teigen acabaria por ser reencaminhada para o hospital, onde acabaria por perder o filho, no parto. "Eu abri as minhas pernas e comecei a olhar para o John. E assim do nada, ele estava cá fora. [...] AA minha mãe, o John e eu pegámos nele e despedimo-nos. A minha mãe soluçava durante uma oração tailandesa. Pedi às enfermeiras que me mostrassem as mãos e os pés, e beijei-o vezes e vezes sem conta. Não faço ideia de quando parei. Pode ter durado dez minutos ou uma hora”, descreveu a modelo, que esclareceu, ainda, a decisão de recolher uma imagem do bebé que deu à luz, já sem vida: "Eu sabia que precisava de ficar com este momento para sempre, da mesma forma que precisava de me lembrar de nos beijarmos no final do corredor, da mesma forma que precisava de me lembrar das nossas lágrimas de alegria depois de nascer a Luna e o Miles. Eu sabia que precisava de partilhar esta história."

No final, a mulher de John Legend desvendou: "Tudo o que sei é que as suas cinzas estão numa pequena caixa, à espera de serem postas no solo de uma árvore, na nossa nova casa, a que comprámos com o quarto dele em mente."

Recorde-se que a modelo e o cantor são pais de Luna, de quatro anos, e Miles, de dois.

Leia o emotivo texto, na íntegra, na galeria que preparámos para si.

Relacionados