urlvisit

Covid-19. Após desrespeitar restrições, Rita Ora admite: "Foi um erro sério e injustificável"

Rita Ora na Selfie
Rita Ora causa furor em Lisboa!
Rita Ora festeja aniversário com fotografia ousada

A cantora Rita Ora assumiu estar "profundamente arrependida", tendo partilhado um pedido de desculpas, através do Instagram.

Rita Ora está envolvida em polémica. De acordo com o site da BBC, que cita a cantora, Rita Ora preparou uma festa para celebrar o 30.º aniversário, num restaurante londrino, no passado sábado, dia 28. O mesmo site informa que cerca de 30 pessoas terão marcado presença no evento, o que quebra as restrições para evitar a propagação da Covid-19, tendo originado uma intervenção policial.

No Instagram, esta segunda-feira, dia 30, Rita Ora partilhou um pedido de desculpas. "Fui a uma pequena reunião com alguns amigos para celebrar o meu 30.º aniversário. Foi uma decisão impulsiva, com a ideia errada de que estávamos a sair do confinamento e não haveria problema...", começou por afirmar.

"Estou profundamente arrependida de ter quebrado as regras e compreendo que isto colocou as pessoas em risco. Foi um erro sério e injustificável. Dadas as restrições, entendo como esta atitude foi irresponsável e assumo a responsabilidade total", acrescentou.

Segundo a BBC, a artista, até ao momento, não foi multada. O caso ainda está sob investigação.

Recorde-se que, neste momento, Londres se encontra num nível intermédio de risco de contágio. Daí que estejam proibidos encontros entre pessoas de diferentes agregados familiares, haja a limitação de seis pessoas para reuniões no exterior e um horário de encerramento de bares e restaurantes às 23:00 horas, exceto para serviços de takeaway.

Veja, agora, a imagem da mensagem deixada por Rita Ora, na galeria que preparámos para si.