urlvisit

Wentworth Miller, de "Prison Break", diagnosticado com autismo: "Foi um choque"

Protagonista da série "Prison Break", Wentworth Miller revelou que foi diagnosticado com autismo e que descobriu o problema durante o confinamento.

Numa publicação realizada no Instagram, à qual juntou apenas uma imagem em branco, Wentworth Miller, de 49 anos, contou que começou a desconfiar de que sofria de uma patologia do espectro do autismo durante o confinamento.

Depois, o ator procurou ajuda médica e o diagnóstico foi confirmado: "Foi um choque, mas não uma surpresa."

"Como com toda a gente, a vida em quarentena tirou-me coisas. Mas no silêncio do isolamento, encontrei presentes inesperados. Este outono marca um ano desde que recebi o meu diagnóstico de autismo", começou por contar Wentworth Miller.

"Foi um processo longo e cheio de falhas que precisavam de atualização. Sou um homem de meia-idade, não uma criança de cinco anos", acrescentou o ator, reconhecendo que o acesso "a um diagnóstico é um privilégio do qual muitos não desfrutam".

"Não sei o suficiente sobre autismo - há muito para saber. No momento, o meu trabalho parece estar a evoluir o meu entendimento. Reexaminando cinco décadas de experiência vivida através de uma nova lente", confidenciou o ator.

Leia, abaixo, o texto de Wentworth Miller, na íntegra.