urlvisit

Alec Baldwin fala pela primeira vez após morte de Halyna Hutchins: "Ela era minha amiga"

"Ela era minha amiga": Alec Baldwin fala pela primeira vez após disparo
Caso Alec Baldwin: autoridades dizem que "ninguém foi descartado" de eventuais acusações
Alec Baldwin na SELFIE
Vigília em homenagem a Halyna Hutchins
Halyna Hutchins (1979-2021)

Após a trágica morte de Halyna Hutchins, Alec Baldwin falou, pela primeira vez, sobre o disparo acidental, em declarações aos jornalistas.

Alec Baldwin falou, pela primeira vez em público, sobre o trágico acidente que resultou na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, durante as gravações do filme "Rust".

"Ela era minha amiga, ela era minha amiga", começou por afirmar Alec Baldwin em relação a Halyna Hutchins, nas primeiras declarações aos jornalistas, em Vermont, onde o ator se encontra a descansar junto da família.

"No dia em que cheguei a Santa Fé para começar a filmar, levei-a a jantar com o Joel [Souza], o realizador. Éramos uma equipa muito, muito bem oleada a fazer um filme juntos, e deu-se este acontecimento horrível", continuou o ator, deixando claro que não pode adiantar pormenores sob a investigação.

Alec Baldwin garantiu, ainda, estar em contacto com o marido de Halyna, Matthew Hutchins, e o filho do casal, Androz, de nove anos: "Estamos em contacto constante com ele, porque estamos muito preocupados com a sua família e o seu filho."

Visivelmente abatido, o ator expressou, ainda, publicamente o apoio à revisão do uso de armas de fogo em filmes e séries de televisão.

Veja, agora, o vídeo com as declarações do ator.