Revoltada, Catarina Furtado lança apelo sentido: "Não nos podemos calar"

Catarina Furtado na Selfie
«Adolescer é Fácil, #só que não», é o novo livro de Catarina Furtado
Manuel Luís Goucha: «A Catarina Furtado é a que melhor uso dá ao facto de ser conhecida»
Catarina Furtado e João Reis em viagem pela Escócia
As férias paradisíacas de Catarina Furtado

A apresentadora Catarina Furtado mostrou toda a sua indignação com o caso de alegada negligência do Cavaleiro João Moura.

Várias figuras públicas têm mostrado a sua indignação pela polémica que envolve o Cavaleiro João Moura, que foi indiciado pelo crime de maus-tratos a animais. Recorde-se que, na herdade do Cavaleiro, foram encontrados 18 galgos visivelmente maltratados. 

Catarina Furtado foi uma das personalidades que manifestaram a sua indignação, pelo Instagram. "Não há desculpa para as notícias de maus tratos e negligência que 18 cães estavam a viver em casa do Cavaleiro João Moura. E muito provavelmente existirão muitas mais situações destas pelo país e no mundo! Não nos podemos calar", começou por escrever a apresentadora, na legenda de duas imagens ternurentas do seu cão, Mandela.

"Há dias li uma notícia de um menino mexicano que foi entregar a uma associação de animais o seu cão amigo, numa caixa, e com um recado a pedir que tratassem bem o seu companheiro já que ele tinha medo que um dia o seu pai o matasse com os pontapés que muitas vezes lhe dava. Deixou-lhe um brinquedo seu para que o cão não se esquecesse dele. O que é mais complicado: perceber que os animais sentem ou que há gente que não sente mesmo nada??? Aqui está o meu Mandela com uma diferença de 5 meses!! Vejam as duas fotografias!! Bem crescido, não?", terminou Catarina Furtado.

Veja, agora, as imagens de Catarina Furtado com o cão, na galeria de fotografias que preparámos para si.