Catarina Furtado volta a denunciar fraude e vai a tribunal

Catarina Furtado na Selfie
«Adolescer é Fácil, #só que não», é o novo livro de Catarina Furtado
Ousada, Catarina Furtado faz furor na gala dos Emmys 2018
As férias paradisíacas de Catarina Furtado

Uma vez mais, Catarina Furtado recorreu às redes sociais para denunciar as campanhas enganosas que usam, de forma abusiva, a imagem da apresentadora.

"Não comprem! é totalmente mentira! Mais uma vez, sou vítima do uso abusivo da minha imagem por desconhecidos mal intencionados, verdadeiros criminosos que utilizam sem o meu consentimento a credibilidade que tenho trabalhado para merecer junto do público. Nas redes sociais estão fazer publicidade enganosa e a vender o produto “Choco Lite” para emagrecimento e outros cremes anti-envelhecimento. não conheço, nunca experimentei e é uma verdadeira FRAUDE. E até já recebi testemunhos de pessoas que foram parar ao hospital depois de consumirem", começou por escrever Catarina furtado, na legenda de uma publicação que mostra os produtos que usaram a imagem da apresentadora, sem autorização da mesma.

"É uma sensação muito desconfortável saber que “através de mim” se está a enganar muitas pessoas, utilizando montagens, fotografias, frases e entrevistas que nunca dei e onde colegas meus são também abusivamente visados. A minha preocupação com a saúde e com a alimentação saudável é, desde sempre, algo que partilho publicamente, inclusivamente com o meu blog 'À Roda da Alimentação'", continuou.

Mais à frente, Catarina Furtado garante que vai recorrer aos meios jurídicos necessários para pôr fim à situação: "Por isso preocupo-me com as pessoas que encomendam estes produtos dos quais desconheço as garantias de qualidade e que podem, prejudicar severamente a sua saúde. Os meus cuidados de beleza são partilhados em entrevistas (que escolho dar!!). O assunto está a ser tratado judicialmente e entretanto emito este desmentido para tentar evitar que mais pessoas sejam vítimas. Aproveito para agradecer as dezenas de mensagens que tenho recebido, tentando esclarecer se esta publicidade é ou não verdadeira e, inclusivamente, enviando-me fotografias da mesma. Peço que me continuem a enviar por mensagem privada e que quem tenha encomendado o produto me possa contactar. Muito obrigada!"

Recorde-se que esta não é a primeira vez que a apresentadora relata uma situação idêntica.