Michelle Williams recebe ovação de pé nos Emmy: saiba porquê!

com Lusa
Os vencedores dos Emmy 2019
Todos os looks das estrelas nos Emmy
Kim Kardashian e Kendall Jenner são o centro das atenções nos Emmy
Os casais mais apaixonados dos prémios Emmy 2019
Charme masculino nos prémios Emmy 2019

O discurso de Michelle Williams foi dos poucos que suscitou uma ovação de pé por parte da plateia dos Emmy.

Michelle Williams usou o seu discurso de vitória no Emmy de Melhor Atriz em Minissérie ou Filme, pela interpretação de Gwen Verdon em "Fosse/Verdon", do canal FX, para mais do que os habituais agradecimentos à família e equipas.

A atriz chamou a atenção para a necessidade de paridade salarial entre homens e mulheres, referindo que a FX Networks lhe deu o mesmo salário que o protagonista masculino da série, Sam Rockwell, algo que é quase inédito em Hollywood.

"Obrigada por me pagarem o mesmo", afirmou, dizendo que os produtores perceberam que "quando se dá o valor devido a uma pessoa" isso permite-lhe interiorizar a sua autovalorização e colocá-la no esforço de trabalho.

Michelle Williams esteve no centro de um escândalo de desigualdade de pagamento em abril deste ano, quando se soube que tinha recebido apenas mil dólares para regravar cenas no filme "All the Money in the World", enquanto o outro protagonista, Mark Wahlberg, recebeu 1,5 milhões de dólares para fazer o mesmo.

"Por isso, da próxima vez que uma mulher – e em especial uma mulher de cor, que ganha 52 cêntimos por cada dólar que um homem branco com o mesmo emprego recebe – vos diz do que precisa para fazer o seu trabalho, ouçam o que ela está a dizer", apelou a atriz.

O discurso de Michelle Williams foi dos poucos que suscitou uma ovação de pé por parte da plateia, a par de Alex Borstein e Patricia Arquette, numa noite em que houve poucas intervenções politizadas e nenhuma menção direta ao Presidente dos EUA, Donald Trump.

A 71.ª edição dos prémios Emmy decorreu esta madrugada em Los Angeles, Califórnia.