BALANÇA - Rei de espadas

Quase todos os seres humanos conseguem reconhecer uma pessoa de boa índole e para isso nem é preciso ter escolaridade. Não nascemos com o sentido da compreensão desenvolvido, do certo e do errado, mas vamo-lo desenvolvendo com a experiência, as nossas e as alheias.

Isto não significa que por vezes cometemos alguns erros, ó, se cometemos! Até porque ninguém é um polígrafo da verdade. Seria tão bom que fôssemos. Viveríamos tão mais descansados.  

Sabemos ou sentimos o que é justo e honesto mas nem sempre escolhemos esses caminhos, porque será? 

Talvez esteja na hora de refletir sobre os seus últimos passos; seguiu sempre a voz da sua consciência ou deixou à solta o seu “diabinho” interior e ele tomou certas atitudes/decisões? Tem a sua mente livre de culpas? ‘Bora limpá-la? Como? Com auto-perdão.  

O Rei de Espadas vem aconselhar a parar um pouco para pensar e pôr as ideias no lugar. Só assim conseguirá perceber que as soluções que procura são bens mais fáceis do que imagina. A correria e o stress diário fazem, muitas vezes, com que façamos tempestades em copos de água, que são pura e simplesmente formas de desperdiçar energia que tanto precisa para pôr a sua vida nos carris novamente… verdade? O que precisamos? De discernimento e organização.

"Se não planeares o teu tempo alguém irá ajudar-te a desperdiçá-lo." - Zig Ziglar

Está na altura ideal para fazer uma sessão comigo. Encontra-me aqui no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

Já me acompanha no Instagram?

Últimas

Mais Últimas

Mais Lidas

Patrocinados