Horóscopo 27 de junho a 3 de julho

BALANÇA - 6 de Espadas

"Não há homem completo que não tenha viajado muito, que não tenha mudado vinte vezes de vida e de maneira de pensar." (A. Lamartine)

Esta lâmina fala-nos de viagens, que tanto podem ser físicas como viagens ao seu interior mais profundo, aquele que Fernando Pessoa descreve como o poço, talvez inspirado no poço iniciático da quinta da Regaleira, ou como Aristóteles disse: "No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas." Brilhante, não é?

O Tarot convida-a/o a passar algum tempo consigo para perceber o porquê de algumas situações que tem passado ultimamente e, em simultâneo, perceber as suas próprias reações. Há um provérbio antigo que diz que, por vezes, é preferível dar um passo atrás para, depois, avançar uns quantos de forma segura. Em caso de dúvida, peça ajuda à família e amigos e, claro, à sua intuição.

Esta lâmina também pode indicar que, a fase de ansiedade que tem vindo a passar, tende a acabar. Como? Quando aceitar a vida tal como ela é, com as suas vitórias e fragilidades. As coisas são como são. O que podemos mudar? Vamos a elas!

Está na altura ideal para fazer uma sessão comigo. Encontra-me aqui no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

Já me acompanha no Instagram?

Últimas

Mais Últimas

Mais Lidas