Internacional

Grammy 2022: saiba quem foram os vencedores da noite de prémios

Jon Batiste, Olivia Rodrigo e Silk Sonic de Bruno Mars destacaram-se na gala de entrega dos Grammy, os mais importantes prémios da área da música.

com Lusa

A 64.ª edição dos prémios mais cobiçados da indústria da música realizou-se este domingo, dia 3, e Jon Batiste, Olivia Rodrigo e a dupla Silk Sonic conquistaram alguns dos Grammy, que foram entregues no MGM Grand, em Las Vegas. 

Jon Batiste foi o artista mais premiado do ano, arrecadando cinco estatuetas, incluindo a de Álbum do Ano para "We Are". 

A dupla Silk Sonic, composta por Bruno Mars e Anderson .Paak, venceu os Grammys de Canção do Ano e Gravação do Ano com "Leave the Door Open".

Já Olivia Rodrigo foi consagrada como Revelação do Ano e levou ainda para casa os Grammys de Melhor Álbum Pop com "Sour" e Melhor Performance Pop a solo com "Drivers License". 

A cerimónia apresentou um tributo ao baterista dos Foo Fighters, Taylor Hawkins, que morreu a 25 de março antes de um concerto na Colômbia, ao som da música "There Goes My Hero".

Apresentada por Trevor Noah, a noite incluiu uma intervenção pré-gravada do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que apelou à solidariedade com a resistência ucraniana à invasão russa

Veja, abaixo, a lista dos principais premiados:

Álbum do ano: "We Are", Jon Batiste

Gravação do ano: "Leave the door open", Silk Sonic

Revelação do ano: Olivia Rodrigo

Canção do ano: "Leave the door open", Silk Sonic

Melhor performance pop a solo: "Drivers License", Olivia Rodrigo

Melhor álbum pop: "Sour", Olivia Rodrigo

Melhor performance duo ou grupo pop: "Kiss me more", Doja Cat feat. SZA

Melhor álbum pop tradicional: "Love for sale", Tony Bennett & Lady Gaga

Melhor gravação de dança/eletrónica: "Alive", Rüfüs Du Sol

Melhor canção rock: "Waiting on a war", Foo Fighters

Melhor álbum rock: "Medicine at midnight", Foo Fighters 

Melhor álbum de música alternativa: "Daddy’s home", St Vincent

Melhor álbum R&B: "Heaux Tales", Jazmine Sullivan

Melhor álbum música urbana: "El Último Tour del Mundo", Bad Bunny

Melhor álbum rock ou alternativo latino: "Origen", Juanes

Melhor álbum pop latino: "Mendó", Alex Cuba

Melhor álbum rap: "Call Me If You Get Lost", Tyler, the Creator

Melhor álbum country: "Starting over", Chris Stapleton

Melhor álbum jazz vocal: "Songwrights Apothecary Lab", Esperanza Spalding

Melhor compilação de banda sonora para visual media: "The United States vs. Billie Holiday", Andra Day 

Produtor do ano, não clássico: Jack Antonoff

Melhor vídeo de música: "Freedom", Jon Batiste

Relacionados