Big Brother

"Big Brother". Gonçalo Quinaz confessa: "Acompanhei-me, muitas vezes, do mal"

Ao comentar uma frase, o finalista do "Big Brother - Desafio Final" Gonçalo Quinaz acabou por recordar alguns momentos difíceis pelos quais já passou.

  • 1 jun, 09:38
Redação

Na casa do "Big Brother - Desafio Final", os finalistas foram desafiados a comentarem algumas frases conhecidas. "Mais vale só do que mal acompanhado" foi uma dessas afirmações e Gonçalo Quinaz aproveitou para fazer uma reflexão sobre o próprio passado do antigo futebolista

"Durante alguns anos, nem sempre me acompanhei do bem, acompanhei-me, muitas vezes, do mal, o que fez com que tivesse de passar por algumas coisas que não devia ter passado", começou por recordar.

"Não há ninguém culpado, o único culpado fui simplesmente eu, porque nunca fui obrigado a fazer rigorosamente nada, fazia porque queria. Paguei as consequências, continuo a pagar as consequências, mas mais valia, realmente, estar só do que me ter rodeado de quem me rodeei", acrescentou.

Atualmente, Gonçalo Quinaz garante que só quer estar acompanhado de pessoas que lhe tragam o "bem": "Hoje, só me quero rodear daquilo que me faz bem, só me rodeio do bem, porque, estando rodeado do bem, estou sempre mais próximo de ter sucesso, de estar estável e, acima de tudo, de ser uma pessoa feliz, que é o que sou hoje. E, durante muitos anos, o facto de me rodear de quem não devia fez com que o insucesso e os problemas fossem uma constante."

Veja, agora, o vídeo desse momento.

Relacionados