Após polémica de plágio, Diogo Piçarra desiste do Festival da Canção

Juntos por Todos: Diogo Piçarra (Lusa)

Diogo Piçarra desistiu do Festival da Canção, depois de ter sido acusado de plagiar a música que levou ao concurso, "Canção do Fim". Foi através da página de Facebook que o cantor comunicou a decisão.

"A toda esta família, informo que decidi terminar a minha participação no Festival da Canção. Não existem palavras para agradecer todo o apoio e carinho que tenho recebido nas últimas 24 horas de colegas de profissão, amigos, família e fãs. A minha posição mantém-se em relação à minha música, a consciência tranquila e cabeça erguida. Mas não pretendo alimentar mais esta nuvem. Tudo isto que se criou em torno da minha participação, já não é Música. Não quero deixar de dizer o orgulho que poderia ser representar o meu país num concurso como a Eurovisão, mas já não faz sentido nenhum sequer tentar ganhar essa oportunidade. A minha carreira e vida não dependem disto, só depende de vocês e nesse sentido sei que estarei PARA SEMPRE bem acompanhado. A todos os concorrentes espero que saia do Festival da Canção o próximo vencedor da Eurovisão 2018, e estarei aqui, como todos os portugueses, a aplaudir de pé. Obrigado por tudo", lê-se na publicação.

O tema "Canção do Fim", que o artista apresentou na semi-final do Festival da Canção da RTP, está a ser comparado à música "Abre Os Meus Olhos", da Igreja Universal do Reino de Deus. O cantor chegou a reagir nas redes sociais, garantindo estar de consciência tranquila e desvalorizando a situação.

Compare as duas músicas: