urlvisit

Tony Carreira: "É simplesmente uma vingança!"

Redação Selfie
"É simplesmente uma vingança!"
Tony Carreira na Selfie

Tony Carreira esteve, na passada segunda-feira, em direto no Jornal das 8, numa entrevista exclusiva, a propósito do processo em que vê, agora, o seu nome envolvido.

O músico foi acusado pelo Ministério Público de 11 crimes de usurpação. Alguns dos temas de maior sucesso do cantor português são, alegadamente, da autoria de artistas estrangeiros.

Conduzida por José Alberto Carvalho, a entrevista dada pelo cantor à TVI vem, agora, tentar esclarecer todo o processo.

“Aquilo que está a acontecer neste momento é que eu estou a ser alvo de uma pessoa, que já me colocou um processo em tribunal [há 10 anos]. A justiça deu-me razão e, neste momento, essa pessoa não olha a meios”, começa por explicar o cantor.

Sobre a pessoa em questão, que, desde logo, diz ser Nuno Rodrigues, proprietário da Companhia Nacional de Música, Tony Carreira garante: “Esse senhor nunca mais me largou, apaixonou-se por mim. A partir daí, ele tentou, e continua a tentar, denegrir, desta maneira, a minha imagem, e prejudicar-me. É simplesmente uma vingança!”

Sobre um possível erro cometido no passado, o cantor assume ter, de facto, plagiado alguns temas, algo que, ainda assim, não foi visto como um crime.

“Claramente por falta de experiência, nos anos 90, há canções que são parecidas, muito em cima do original. E há 10 anos, quando isso aconteceu, encontrei-me com o publisher que representava esses autores e compositores e ficou tudo resolvido, como deve ser feito. E, aliás, gostaram tanto das canções cantadas por mim que fizeram questão que eu fosse creditado nesses discos, também como autor. Portanto, está tudo bem”, conta. 

Perante centenas de telespetadores, Tony sublinha, ainda, estar "de boa fé" e conclui: “Espero que a Justiça me dê razão”.