Roberto Leal revela luta contra cancro e cegueira: "Tenho a certeza que o amor vencerá toda a dor"

O cantor Roberto Leal revelou que está a lutar contra um cancro há cerca de dois anos.

Roberto Leal, de 67 anos, preferiu esconder dos fãs a doença e revelou, agora, numa entrevista que está a lutar contra um cancro há dois anos, mas que sentiu necessidade de se isolar para conseguir superar a doença.

Tudo começou com fortes dores nas costas que se estendiam para a perna direita, que se associavam a uma hérnia discal. "Era uma dor que começava no final da minha coluna, chamada hérnia discal, que se estendia para a minha perna direita e adormecia a perna. Tinha horas em que eu não sentia sequer a perna do joelho para baixo. A dor foi progredindo até ao momento em que eu nem sequer me conseguia manter de pé", contou o músico português emigrado no Brasil, no programa "Domingo Show", da TV Record.

O cantor explicou que chegou a fazer acupuntura para aliviar a dor, mas que não teve sucesso, até que lhe foi diagnosticado um melanoma.

Questionado sobre se em algum momento teve medo da morte, Roberto respondeu: "Não! [...] Eu aceito, porque eu acredito e o que for decidido é o melhor para mim. Se eu realmente cheguei a esta situação, se este caminho é o único caminho possível, eu não tenho escolha, mas voltar para atrás, não. Isso é próprio de alguém que sabe que há uma luz no fim do túnel, e eu sei e tenho certeza que o amor vencerá toda a dor".

Confiante, após ser operado três vezes e ter realizado 10 sessões de radioterapia, Roberto Leal diz que está "melhor do que nunca". Contudo, as maleitas não se ficam por aqui, pois o cantor tem, igualmente, a visão afetada devido a duas cataratas e está cego do olho direito: "O máximo que pode acontecer é eu ficar com 30 a 40% de visão".

Veja o vídeo da entrevista.