Nacional

Não sendo casados, Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo podem viver juntos na Arábia Saudita?

Cristiano Ronaldo mudou-se com a família para a Arábia Saudita, onde vai jogar ao serviço do Al Nassr, mas as leis no país proíbem que os casais vivam em união de facto.

Na Arábia Saudita as leis são rigorosas e a polícia religiosa zela pelo cumprimento das normas, como o facto de o consumo de álcool ser proibido em todo o país ou de as mulheres terem de se manter discretas e usar uma abaya [uma longa túnica preta esvoaçante] sobre as roupas. "As mulheres não são obrigadas a usar abaya por lei, mas as leis de decência pública especificam que joelhos e ombros devem ser cobertos em público", lê-se no site "Expat Arrivals".

Contudo, há uma lei que pode vir a complicar a vida de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez naqueles país: na Arábia Saudita, os casais só podem viver juntos após o casamento.

Ora, Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez, que estão juntos desde 2016 e têm filhos em comum, nunca se casaram.

Agora, dois advogados sauditas explicaram à Agência EFE que, apesar de as leis no país o proibirem, o casal pode viver junto sem estar casado.

"As autoridades começaram, recentemente, a fechar os olhos e a não perseguir mais ninguém", afirmaram os advogados, recordando que os estrangeiros, normalmente, vivem em condomínios privados que lhes permitem manter o estilo de vida a que estão habituados.

De acordo com o Daily Mail, Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo devem mudar-se para um dos dois bairros mais luxuosos da capital Riade, o Al Muhammadiyah, conhecido pelos restaurantes sofisticados, ou o Al Nakheel, popular entre as famílias que procuram escolas internacionais. Ambos os bairros ficam próximos do estádio Mrsool Park, onde o jogador vai treinar. 

Esta situação permite que Georgina Rodríguez possa viver, em Riade, com o companheiro e com os filhos, Cristianinho, Alana Martina, os gémeos Mateo e Eva, e a pequena Bella Esmeralda.

Relacionados

Patrocinados