Big Brother

"Big Brother - Desafio Final". Francisco Macau desfaz-se em lágrimas: "A vida não é um arco-íris"

Na gala do passado domingo do "Big Brother - Desafio Final", foi exibida a "Curva da Vida" de Francisco Macau, que se mostrou muito emocionado.

Francisco Macau não conteve as lágrimas, enquanto descrevia a respetiva "Curva da Vida", que foi exibida na gala do "Big Brother - Desafio Final", do passado domingo, dia 22.

personal trainer falou sobre a infância, sobre a crise que o casamento dos pais enfrentou, quando tinha apenas 13 anos, sobre amor e sobre a doença do pai, esclerose lateral amiotrófica, conhecida por ELA, diagnosticada em 2019. Este último tema deixou o "ex-moranguito" desfeito em lágrimas.

"Foi duro. É duro, não foi. É. Nós somos uma caixinha de memórias e as memórias não se apagam. A vida não é um arco-íris. Nunca pensei ajudar o meu pai a vestir-se, foi uma coisa que nunca passou na minha cabeça e estou aqui por ele", revelou, sem conter a emoção.

De seguida, Francisco Macau disse que o "pai trabalhava muito, mas sempre foi um pai presente". "Fazia questão de brincar comigo, jogar à bola", enumerou.

Porém, quando tinha 13 anos, assistiu a algumas discussões dos pais em casa. "Não sabia que o outro lado da moeda existia. Foi duro".

"Tudo aquilo que tirei daqui foi que os meus pais continuaram unidos, porque é na saúde e na doença, até que a morte os separe, certo?", continuou.

O culturista confidenciou que andou "meio perdido na adolescência". "Entrei na faculdade, em turismo, precisava de ganhar dinheiro, entrei numa agência de modelos, conheci muitas miúdas, era um puto engraçado, tinha um corpo porreiro. Entrei no ginásio, quando terminei a minha primeira relação. Teria à volta de 19, 20 anos. Foi uma pessoa especial, mas eu sempre tive uma fraca autoestima. O problema não era o corpo, mas, sim, a minha cabeça", afiançou.

"Os 'Morangos com Açúcar' apareceram no fim desta relação. Fui, dei-me a conhecer, mas não sei se foi uma fase feliz ou se foi uma fase em que estive tão ocupado, que nem pensei nas minhas inseguranças e medos", disse, ainda.

Em 2013, Francisco Macau foi um dos concorrentes do "Big Brother VIP". No entanto, não aguentou a pressão e desistiu no decorrer do reality show.

"Foi assustador. Toda a gente vinha ter comigo: 'Francisco, tu eras o meu preferido'. Tive um companheiro, do "Big Brother", que me ligou a dizer: 'Macau, tenho uma presença no Norte' e fomos para o Norte. Fomos para uma discoteca e eu conheci uma pessoa. Senti coisas que nunca tinha sentido por ninguém. Foram sete anos muito importantes na minha vida. Fico triste, pelas recordações, porque sou aquela pessoa que acredita no 'para sempre'. Amar, também, é deixar ir", lamentou.

Todavia, "sem procurar", o concorrente do "Big Brother - Desafio Final" conheceu uma pessoa. Trata-se de Sara, a nova namorada de Francisco Macau. "Espero que esteja orgulhosa, porque tenho muitas saudades dela", revelou.

"Mãe e pai, amo-vos e obrigado, por me deixarem ser livre, sempre", rematou Francisco Macau.

Entretanto, depois de ser exibida a "Curva da Vida", Cristina Ferreira questionou o concorrente. "Quando diz que entra por ele [pelo pai], entra para quê, Francisco?".

"Para que ele fique orgulhoso de mim e que veja a pessoa em que me tornei, porque tenho muito orgulho em mim", respondeu.

Depois de saber que a namorada se encontrava no estúdio, Francisco Macau pediu à apresentadora se podia ouvir a voz de Sara. Cristina Ferreira acedeu ao pedido. "Olá, Francisco. Estou muito orgulhosa, podes ficar descansado. Estou muito orgulhosa, mesmo", revelou a namorada, deixando o concorrente ainda mais emocionado.

Veja, agora, o vídeo da "Curva da Vida" de Francisco Macau.

Relacionados