Big Brother

"Big Brother - Desafio Final". Francisco Macau comove-se ao falar da grave doença do pai: "Deixou de andar"

Francisco Macau não conteve as lágrimas ao falar da grave doença de que sofre o pai do personal trainer, enquanto conversava com Ana Barbosa, na casa do "Big Brother - Desafio Final".

"Eu andava sempre com pressa, com pressa, com pressa, e hoje em dia não. A minha pressa é estar com a minha família e organizar a minha vida, para estar com o meu pai todos os dias. Há dois anos, no meu dia de aniversário, recebemos o resultado dos exames e foi-lhe diagnosticada Esclerose Lateral Amiotrófica [também conhecida por ELA]", revelou, em lágrimas, Francisco Macau a Ana Barbosa, na roulotte do "Big Brother - Desafio Final", da TVI.

A vencedora do "Big Brother 2021" não sabia do que se tratava a doença. O personal trainer passou a explicar: "É uma doença degenerativa, vais perdendo as tuas faculdades. Ele já não anda, está numa cadeira de rodas. Ele era uma pessoa normal, como tu, como eu, e, num ano e tal, dois anos, deixou de andar. Não é uma pessoa autónoma. Precisa sempre de ajuda, preciso sempre de vesti-lo, preciso de fazer muitas coisas."

Francisco Macau recordou, entretanto, aquele fatídico dia. "Não estava preparado, foi o pior dia de anos da minha vida. Estive o dia todo na cama a chorar. Depois, passei por uma época de raiva. Porquê o meu pai? Mas pronto, aprendi a aceitar. Acho que a vida me ensinou a aceitar que, quando não consegues fazer nada, fazes aquilo que está ao teu alcance. Aquilo que eu posso fazer é estar com ele, passar tempo com ele, dar-lhe atenção, mesmo que, às vezes, ele me esteja a contar a mesma história 20 vezes", contou, acrescentando: "Ele esta bem, está lúcido, mas tem quase 70 anos e conta a mesma história dez ou 15 vezes. Por isso é que eu tenho imensos animais. Ele adora animais, adora estar a olhar para os animais. Nestes últimos dois anos, a minha vida tem sido em função disso."

O ex-"moranguito" referiu, ainda, que aprendeu "a relativizar as coisas e a não dar tanto valor a coisas supérfluas". "Aprendi que o tempo é muito curto. E aprendi a estar mais tempo com a minha família", disse.

Perante o que acabara de contar a Ana Barbosa, o concorrente do "Big Brother - Desafio Final" confessou que espera não ser chamado pela produção do reality show para revelar a respetiva "Curva da Vida". "Vou derramar litros de água. Eu sou bastante sensível e muito emocional. Os últimos anos não têm sido fáceis", lamentou.

Por fim, Francisco Macau revelou que o facto de ter aceitado o convite da estação de Queluz de Baixo, para integrar o leque de participantes do "jogo da vida real", se trata de um desafio pessoal. "Cá estou eu a superar-me. Isto é uma prova para mim. Eu não estou aqui a competir com ninguém. Estou a competir comigo, ver o que é que mudou, o que é que consigo hoje, que não conseguia há uns anos. Às vezes, a malta lá de fora acha que é tudo cor de rosa, mas não é. Está longe de ser. É muita coisa ao mesmo tempo, mas o importante é não baixar os braços. A vida não para e nós não podemos parar. Foi tudo ao mesmo tempo. Foi isso, foi terminar uma relação, a nível profissional sentia-me insatisfeito… Tive de reorganizar-me e cresci muito", rematou.

Recorde-se que, em 2013, Francisco Macau participou no "Big Brother VIP", mas desistiu a meio.

Relacionados