Goucha

Florbela Queiroz recorda o filho: "Falo com ele, todos os dias"

A atriz Florbela Queiroz concedeu uma entrevista intimista a Manuel Luís Goucha, no programa "Goucha", da TVI.

  • 30 jun, 16:54
Redação

Florbela Queiroz fez revelações surpreendentes, no programa "Goucha", da TVI, que foi para o ar na passada quarta-feira, dia 29.

A artista revelou pormenores sobre o passado com o ex-marido, o também ator Norberto de Sousa Matias, contou como tem lidado com a morte do filho, Manuel João, no início do mês de maio, vítima de um ataque cardíaco e, ainda, explicou como tem dificuldade em fazer amizades no trabalho.

"Eu fui uma mãe muito carinhosa, por tudo o que vi fazerem comigo e que não me agradou, eu passei a fazer o que imaginava que podia ser bom, e, por isso, sei que fui uma excelente mãe", começou por contar a Manuel Luís Goucha, sobre a maternidade.

Florbela Queiroz perdeu o filho recentemente, mas contou ao apresentador Manuel Luís Goucha que recebe indicações de Manuel João e que lhe escreve, todos os dias, no Facebook. "Eu falo com o meu filho, todos os dias. Para mim, todas as memórias dele ficam comigo. Eu nunca o deixei com ninguém. Ele queria ser realizador de cinema, era o grande sonho dele. Ele tinha o meu sorriso, o meu sentido de humor", recordou.

Já sobre as desavenças que viveu durante um período de tempo com o filho, Florbela Queiroz quis esclarecer um comentário que leu nas redes sociais e que está relacionado com o período em que acusou o filho e a nora de violência doméstica.

"Li uma coisa muito interessante, nas redes sociais, que não tem graça nenhuma. Está lá um senhor que disse que eu escrevi numa revista 'que é muito triste ser mãe de um filho morto', então, eu vou esclarecer esse senhor. É verdade, eu disse isto. Disse, porque o meu filho tinha-me dito que eu estava morta para ele. Eu disse isso, porque saiu da minha boca. A mãe magoada disse isso. Não foi o coração que falou. Foi a boca que falou e saiu-me", contou a Manuel Luís Goucha, durante a entrevista.

Florbela Queiroz revelou, também, que conseguiu recuperar todo o tempo perdido com o filho. "Em 2019, ele foi lá viver para casa comigo, durante um ano. Ficou tudo bem, a partir desse momento". A atriz acrescentou, ainda: "Quando vi o meu filho ser castigado, em tribunal, eu não sabia o que fazer. Eu não o meti em tribunal, foi um crime de violência pública. Foi um julgamento em que eu nunca abri a boca. Foi a pior fase da minha vida. Nem quero pensar nela."

Já sobre a traição do ex-marido, Norberto de Sousa Matias, Florbela Queiroz contou como reagiu à situação e confessou, ainda, que está sozinha há 28 anos. "Voltei a ser virgem", disse, entre risos.

"Não foi um choque, para mim, porque, no dia em que o Norberto me trocou por outra, eu soube por uma vizinha e, nesse dia, fiz-lhe as malas e disse-lhe: 'Agora, vai à tua vidinha'. Era sempre a mesma música e eu estava cansada daquilo", afirmou.

Durante a entrevista, a atriz foi, também, surpreendida com mensagens de colegas e acabou por falar sobre as amizade no meio da representação.

"Tenho colegas de quem gosto muito, mas não tenho amigos. Eu não gosto de fumar, de beber, nem de jantaradas, como é que posso ter amigos de profissão? Não me sobram pessoas", explicou.

Já no final da entrevista, Florbela Queiroz elogiou o apresentador. "Tu és o meu ídolo televisivo, és o Senhor Televisão", rematou.

Veja, agora, a entrevista.

Relacionados