Cacau

Vitor Hugo recorda fase "estranha" na infância: "Fiquei engessado durante um ano"

Na edição mais recente do programa "À Conversa com Ana Rita Clara", o ator Vitor Hugo fez uma viagem no tempo até à infância.

Vitor Hugo abriu o livro da vida pessoal e profissional, na edição mais recente do programa "À Conversa com Ana Rita Clara".

O ator, de 46 anos, começou por recordar uma fase mais difícil na infância: "Tive um problema na perna que me impediu um pouco de viver a minha infância na área do desporto. Foi durante um período, entre os cinco e os dez anos. Não podia correr, andar de bicicleta, nem nada disso..."

"Foi uma doença rara chamada doença de Legg-Calvé-Perthes, que ocorre no fémur e desgasta uma cartilagem localizada entre o osso da perna e o osso da bacia do fémur. Então, os ossos ficam em atrito e vão se partindo, conforme fazemos mais esforço físico", acrescentou.

"Submeti-me a uma cirurgia, fiquei durante um ano engessado. Foi um ano muito estranho, mas sempre com a presença do pai e da mãe, que me ajudaram a encarar aquilo como um momento que iria acabar por passar. Mas foi uma fase de muita introspeção. Não tinha muita mobilidade e recordo-me de que brincava muito com bonecos em cima do peito, porque era a única posição que eu tinha, já que estava engessado dos pés à cabeça. Acho que essa foi a minha primeira experiência teatral: dar vozes a personagens em cima de um palco que era o meu próprio coração", completou.

Veja mais aqui.

Relacionados

Patrocinados