Famosos

Imagens chocantes mostram Sean "Diddy" Combs a agredir a namorada

Nos últimos tempos, Sean "Diddy" Combs tem estado envolvido em várias polémicas e, agora, foram divulgadas imagens do rapper a agredir violentamente a namorada.

Atualmente com 54 anos, Sean "Diddy" Combs, também conhecido como Sean Love Combs já mudou de nome artístico várias vezes. O outrora Puff Daddy, Diddy ou P. Diddy não se livra é das polémicas que têm sido uma constante ao longo da vida do rapper.

Agora, foi divulgado pela CNN um vídeo do rapper a agredir a cantora Cassie Ventura, com quem mantinha uma relação à data dos acontecimentos, em março de 2016.

A gravação foi feita pelas câmaras de segurança do hotel onde o casal se encontrava alojado na altura, Nas imagens é possível ver Sean "Diddy" Combs, vestido apenas com uma toalha, a perseguir a então namorada pelo corredor, antes de a atirar ao chão, pontapear e arrastar.

"O vídeo angustiante apenas confirmou ainda mais o comportamento perturbador e predatório de Combs", disse o advogado de Cassie Ventura, Douglas Widgor, num comunicado, no qual frisa: "Palavras não podem expressar a coragem e a firmeza que ela demonstrou ao expor tudo isso."

Recorde-se que, em 2023, Cassie Ventura apresentou uma queixa contra Sean "Diddy" Combs, no qual acusa o rapper de violação e abuso físico, de que a cantora alega ter sido alvo durante anos.

A CNN diz que, na ação judicial, Cassie Ventura alega que estava no hotel porque Combs a obrigou a fazer sexo com prostitutos, enquanto ele assistia. Durante um surto, o rapper "deu um soco no rosto da sra. Ventura, deixando-a com um olho negro", pode ler-se no processo, que descreve que a cantora teria esperado até que Combs adormecesse para tentar sair do hotel. Terá sido ao aperceber-se de que a então namorada tinha saído do quarto, que Sean "Diddy" Combs a perseguiu e a agrediu.

Veja, agora, o vídeo com as imagens da agressão.

Alertamos para o conteúdo violento.

 

Se é vítima de violência doméstica ou conhece quem seja, não hesite e peça ajuda! 

- Ligue 800 202 148 ou envie um SMS 3060

- Linha Emergência Nacional: 112
- Linha Emergência Social: 144
- SOS Criança: 116 111

Relacionados

Patrocinados