Famosos

Violência doméstica: GNR está no hospital para ouvir Betty Grafstein

Elementos da GNR estão no hospital onde Betty Grafstein está internada para ouvir a mulher de José Castelo Branco, na sequência de uma denúncia de alegada violência doméstica.

Dois elementos da Guarda Nacional Republicana (GNR) chegaram, há poucos minutos, ao Hospital CUF Cascais, para ouvir Betty Grafstein sobre a alegada violência doméstica de que é alvo por parte de José Castelo Branco.

Segundo a CMTV, os dois elementos daquela força de segurança "não estão fardados para não intimidar a alegada vitima". "A diligência ainda não começou, porque estão à espera de um tradutor" para facilitar o contacto com a mulher da antiga joalheira, relata a mesma fonte.

De acordo com informações iniciais avançadas pelo Expresso, a antiga joalheira relatou a "vários" profissionais de saúde do hospital onde está internada que foi empurrada pelo marido. Betty Grafstein terá denunciado "o comportamento abusivo" e "recorrente" de que será alvo por parte do marido.

Pelo facto de a violência doméstica ser um crime público, a unidade de saúde apresentou uma queixa ao Ministério Público, que confirmou, entretanto, ao mesmo jornal, a receção da mesma.

Betty Grafstein deu entrada no Hospital CUF Cascais há aproximadamente duas semanas, tendo chegado àquela unidade de saúde com fratura no fémur e ferimentos do braço esquerdo.

José Castelo Branco nega todas as acusações.

Relacionados

Patrocinados