Após ser vítima de censura, Bruno Nogueira toma atitude e é aplaudido pelos fãs!

Bruno Nogueira na Rádio Comercial
3 curiosidades que ninguém sabe sobre Bruno Nogueira
Bruno Nogueira está de regresso à rádio Comercial

O comediante Bruno Nogueira partilhou um texto sobre a despenalização da eutanásia e causou polémica nas redes sociais.

Após a Assembleia da República ter aprovado os projetos de lei sobre a despenalização da eutanásia, Bruno Nogueira teceu considerações, no Facebook, sobre o que considera ter sido a vitória da "liberdade de escolha". Palavras que não deixaram os fãs do humorista indiferentes.

"A lei que foi hoje aprovada na assembleia sobre a despenalização da eutanásia é um grito importante da liberdade individual de cada ser humano. Ainda falta muito caminho, mas a noite fez-se mais clara. Os que são a favor hão-de poder, finalmente, tomar essa decisão, que só diz respeito a quem a toma, e os que são contra podem tomar a decisão de optar por um fim diferente para a vida, se assim o entenderem", escreveu, por exemplo, o comediante, de 38 anos.

Sendo a eutanásia um tema polémico, a posição de Bruno Nogueira dividiu opiniões, a ponto de o texto ter sido denunciado por utilizadores que discordaram com a opinião do companheiro de Beatriz Batarda.

"Retirámos ou bloqueámos o acesso ao conteúdo publicado por ti no Facebook, porque recebemos uma denúncia de terceiros em como esse conteúdo infringe os seus direitos". Esta foi a mensagem recebida por Bruno Nogueira, que desabafou: "Maravilhoso mundo livre".

Entretanto, após pouco mais de duas horas, Bruno Nogueira decidiu voltar a publicar o mesmo texto. "Publiquei o post ontem. Foi banido hoje pelo Facebook. Por todas as razões e mais alguma, aqui vai novamente", afirmou. 

Na caixa de comentários, foram muitos os fãs que aplaudiram o gesto de Bruno Nogueira. "Grande Bruno Nogueira!", exclamou uma admiradora. "Isso mesmo!", concordou outra internauta. "Bravo, Bruno", elogiou, ainda, mais uma seguidora.