Sofia Ribeiro mostra imagem inédita da luta contra um cancro

Sofia Ribeiro celebra chegada do novo ano em biquíni
Sofia Ribeiro vive momento muito romântico
Sofia Ribeiro celebra o 34.º aniversário em São Tomé
Sofia Ribeiro arrasa nas praias do Algarve

Sofia Ribeiro, que lutou contra um cancro da mama, alertou para o estigma em relação à doença.

Na segunda-feira, dia 4 de fevereiro, assinalou-se o Dia Mundial da Luta contra o Cancro e Sofia Ribeiro não quis deixar a data passar em branco e divulgou uma imagem inédita captada no hospital. 

A atriz, a quem foi diagnosticado um cancro na mama em novembro de 2015, alertou para o estigma em relação à doença. "Sabemos que ainda há um estigma em relação ao cancro – inclusive em relação à palavra em si. Muitas pessoas a chamam de 'doença prolongada', mas a verdade é que esses eufemismos demonstram que ainda há MUITO preconceito em relação a estar com cancro", começou por escrever Sofia Ribeiro.

"Cancro! É só uma palavra, é só uma doença. E quanto mais nós falarmos sobre isso, mais bem informadas as pessoas serão – tanto sobre como prevenir, quanto sobre como funcionam os tratamentos. Por isso, está na hora de avançar a maneira como olhamos para o cancro. É uma doença grave? Sim, é! É uma doença difícil? Eu que o diga. É uma sentença de morte? Não! Todos corremos risco de morrer – afinal, estamos todos vivos! Quantas pessoas morrem em acidentes de carro por semana? Pois é", continuou a atriz, de 34 anos, que aproveitou para "ressaltar a importância da prevenção e da informação sobre o cancro".

Sofia Ribeiro sublinhou, ainda, que é importante adotar hábitos de vida saudáveis, até porque um cancro não depende apenas de fatores genéticos: "Praticar atividade física regularmente (pelo menos 30 minutos, 3 vezes por semana), não fumar, restringir o consumo de álcool, ter uma alimentação saudável e equilibrada (priorizando alimentos não industrializados, além de frutas e verduras em abundância), aprender a reduzir o stress e a controlar a ansiedade são maneiras simples de diminuir as hipóteses de desenvolver a doença. Apenas alguns tipos de cancro são diretamente ligados a mutações genéticas – Vamos ganhar vergonha na cara e abraçar um estilo de vida mais saudável!".

A atriz, que deu vida a Soraia, na novela "A Herdeira", frisou também: "Combate ao cancro não é só usar o lacinho rosa em outubro – é ajudar a espalhar as informações corretas para diminuir a incidência e também melhorar a vida de quem está em tratamento!".

No final, Sofia Ribeiro contou um episódio sobre os desafios que enfrentou durante a luta contra a doença. "A propósito de quando estava eu doente e escolhi viver a minha doença como me foi mais feliz. Uma vez uma mulher teve a AUDÁCIA de me enviar um e mail a dizer que 'As pessoas com cancro não têm como ser verdadeiramente felizes – afinal, como é que alguém pode ser feliz a saber que pode morrer?!' A Minha resposta para ela? 'PARABÉNS! A senhora é a primeira IMORTAL que conheço!'", revelou a atriz, que terminou com um pedido: "NÃO TENHAs PENA DE QUEM ESTÁ COM Cancro. 
Muitas pessoas 'saudáveis' olham para pacientes oncológicos com cara de pena, ou até evitam olhar ou conviver! Vocês sabem de uma coisa? Todas as pessoas têm células tumorais nos seus corpos!!! Sim, TODOS temos células que não deram certo dentro de nós – a diferença é que alguns irão desenvolver tumores (que se forem malignos, serão cancro) e outros não. Ou seja: para de sentir peninha e começa a ter compaixão. Não podes prever o futuro, portanto não faças aos outros o que não gostavas que fizessem contigo".