EXCLUSIVO

Alexandra Borges: "Jamais pensei conhecer o Manuel Luís Goucha, quanto mais contracenar com a Lucélia Santos"

A SELFIE conversou, em exclusivo, com Alexandra Borges, que vai ter uma participação especial na novela "Na Corda Bamba", da TVI.

A jornalista da TVI não poderia estar mais feliz com a experiência de se estrear como atriz.

"Foi delicioso! Apesar de não ter tempo para acompanhar diariamente, já vi alguns episódios da novela e adoro. Pus, inclusive, a gravar para ver quando estiver mais disponível. Não hesitei em aceitar, porque adoro a trama do Rui Vilhena. E, depois, pensei: 'Vou fazer de mim própria!'. Não sabia com quem é que ia contracenar e só lá é que percebi que ia ser com a Lucélia Santos e com o Edwin Luisi. Eles até começaram a brincar comigo: 'Você não vê a novela, também não vamos ver os seus programas!'", contou Alexandra Borges à SELFIE.

Sobre a cena em que participa, Alexandra Borges revelou, ainda: "Foi uma cena pesada. A Lucélia Santos é muito boa. Só me lembro de a ver a chorar e a emocionar-se, com aquele olhar pesado, para mim.... Eu ia ter uma fala curta, mas cheguei lá e mudei o texto todo. Pensei: 'Vou ser eu!' Esqueci o texto e comecei a falar, como se estivesse com um entrevistado meu. Foi uma experiência única. Gravámos à primeira e correu tudo muito bem. O realizador veio, logo, dar-nos os parabéns. Estreei-me como atriz a fazer de mim própria... e, de facto, não há ninguém no mundo que faça melhor de Alexandra Borges do que eu", brincou a jornalista.

Contracenar com Lucélia Santos e Edwin Luisi, o eterno par romântico da novela brasileira "Escrava Isaura", de 1976, deixou, ainda, Alexandra Borges nostálgica: "Lembro-me da interpretação brilhante deles. De ser pequena e de seguir, religiosamente, a novela, e de me emocionar com ela. Era muito dramática e eu não perdia um episódio!"

"Jamais pensei conhecer o Manuel Luís Goucha e ser entrevistada por ele no 'Você Na TV', quanto mais contracenar com a Lucélia Santos! Há coincidências da vida. Esta foi uma delas. Acho que nós sentimos a energia uma da outra, abraçámo-nos imenso... Ela confessou-me que o filho [Pedro Neschling] vive cá, em Portugal, e que está a escrever para a Globo, e que ela também adorava viver cá. Trocámos contactos e ficámos amigas. Ela é boa gente!"