EXCLUSIVO

Isabel Figueira: "Quando te chamam estúpida ou te empurram é uma forma de violência doméstica"

Isabel Figueira: "Quando te chamam estúpida ou te empurram é uma forma de violência doméstica"
"Amar Depois de Amar": o que tem o elenco a dizer sobre a nova série
Apresentação de "Amar Depois de Amar"

A Selfie marcou presença na apresentação da nova aposta da ficção da TVI, "Amar Depois de Amar", e esteve à conversa com Isabel Figueira, que faz parte do elenco.

Na trama, Isabel Figueira dá vida a Luísa Barrigoto, que promete ser mais um grande desafio na carreira da atriz: "Que maravilha! Tenho recebido bons presentes. Depois da Michelle, que eu adorei fazer, em ' Valor da Vida', este é um grande desafio, um bocadinho mais pesado. Se calhar, foi um dos maiores desafios da minha vida, a nível interior, levou-me para campos tristes e muitos difíceis, para os quais eu nunca tinha ido."

A personagem interpretada por Isabel Figueira é uma alentejana, que foi vítima de violência doméstica durante 15 anos.

"Nós vivemos numa altura em que há cada vez mais mulheres a aparecer mortas, vítimas de violência doméstica, e isso devia acabar. A vida é demasiado curta para não sermos felizes. A pesquisa que fiz para esta personagem levou-me para campos que eu nunca tinha ido, e isso, às vezes, abre janelas dentro de ti que nunca tinhas aberto. Olhas, se calhar, de uma forma mais atenta para algumas coisas. Se calhar, quando te chamam estúpida ou quando te empurram, se calhar, é uma forma de violência doméstica. Nós aprendemos sempre com as personagens, e é isso que me apaixona. Esta personagem teve um impacto muito grande na minha vida. Os processos pelos quais passei... porque esta personagem é o oposto de mim. Eu sou alegre, vivida, lutadora e amo uma série de coisas... Atingir o grau de tristeza e de amargura desta personagem foi muito difícil, porque, para atingirmos uma personagem, temos de aceitá-la, e esse período de aceitação é, talvez, o mais difícil. Mas quando aceitamos, compreendemos", confessou a atriz.