EXCLUSIVO

"Quem Quer Casar Com O Meu Filho?": estivemos à conversa com Tomás Alves

"Quem Quer Casar Com O Meu Filho?": conheça o concorrente Tomás Alves

A Selfie esteve à conversa com Tomás Alves, um dos concorrentes do programa "Quem Quer Casar Com O Meu Filho?", apresentado por Leonor Poeiras.

Com apenas 23 anos, o bodyboarder Tomás Alves assume-se como "um homem pacato, low profile e divertido".

"Levo sempre tudo numa boa onda. Em certas situações, costumo amuar, mas, no geral, tento sempre encarar tudo com um sorriso na cara. Odeio confusões e discussões, e, como otimista que sou, acho que há solução para tudo", confessou, em declarações à Selfie.

Já no campo amoroso, o jovem continua à procura da mulher ideal: "Não posso considerar que alguma vez tenha tido azar no amor. Tive apenas um relacionamento sério, que não correu tão bem, mas, como todos os relacionamentos, teve momentos bons e outros menos bons. Serviu de aprendizagem e crescimento para futuros relacionamentos, porque estamos sempre a aprender."

Sobre as candidatas ao seu coração, no programa, Tomás Alves só tem elogios a dizer: "Estou a gostar muito de conhecer as minhas pretendentes e tenho a certeza de que vou levar daqui boas amizades. Todas me cativam à sua maneira, sendo que todos nós temos pontos positivos e pontos negativos. Umas são mais extrovertidas do que outras, e isso, para mim, é fundamental, visto que sou uma pessoa que, rapidamente, interage, e sou super comunicativo. Algumas são mais divertidas, outras mais reservadas, o que acho que é perfeitamente normal, porque somos todos diferentes!"

Nesta tarefa de encontrar o amor, o jovem conta com a ajuda preciosa da mãe, Maria José, de 58 anos.

"Tenho uma relação ótima, muito chegada, com a minha mãe, sempre fomos muito cúmplices. Gosto de fazer aqueles programinhas de mãe e filho, porque, infelizmente, elas não duram para sempre. Aproveito ao máximo, porque, para mim, a família está em primeiro lugar. Tenho a certeza de que posso falar sobre o que quiser com ela. No que puder ajudar ou aconselhar, ela está lá sempre, para o que der e vier. Considero-me mesmo o menino da mamã. Ainda hoje, a minha mãe me liga, várias vezes ao dia, para saber onde ando e como estou. Dou muito valor isso, porque é sinal de que se preocupa comigo. A minha mãe é o meu pilar, literalmente. No que toca a mulheres, a minha mãe não interfere nas minhas escolhas, ainda que, se não gostar de alguma coisa, diz-me, frontalmente, mas a decisão final é minha, e, se eu estiver feliz, ela também está."

O pai de Tomás Alves também teve uma palavra a dizer sobre a participação do filho e da mulher no programa "Quem Quer Casar Com O Meu Filho?": "Achou graça irmos para um programa destes, e, no final, em tom de brincadeira, disse: "Vê lá se é desta que arranjas a mulher dos teus sonhos". Somos muito próximos e brincamos muito um com o outro."