Irina Shayk fala pela primeira vez sobre separação de Bradley Cooper

Bradley Cooper na SELFIE
Irina Shayk arrasa no primeiro desfile após separação
Conheça a mansão milionária de Bradley Cooper em Manhattan
Lady Gaga, Bradley Cooper e Irina Shayk: o triângulo amoroso do momento
Lady Gaga e Bradley Cooper protagonizam momento da noite nos Óscares

Irina Shayk falou sobre o fim do seu relacionamento com Bradley Cooper, numa entrevista.

A separação de Irina Shayk e Bradley Cooper foi um dos temas quentes do ano de 2019, após meses de rumores de que o ator poderia ter-se envolvido com Lady Gaga.

Agora, em entrevista à Vogue britânica, a modelo russa falou, pela primeira vez, sobre o fim do relacionamento com o ator e garantiu que, quando alguém sai da sua vida, não volta a entrar.

"Em todas as boas relações, trazemos o nosso melhor e pior – é apenas a natureza de um ser humano. Duas boas pessoas não precisam de formar um bom casal", começou por dizer a modelo de 34 anos, em relação à separação anunciada em junho de 2019, depois de quatro anos de relação. 

Irina Shayk considera, no entanto, que ambos tiveram "muita sorte na experiência" que tiveram um com o outro, admitindo que "a vida sem ‘B’ (Bradley) é um novo terreno".

Solteira, a ex-namorada de Cristiano Ronaldo, que assume ter uma "personalidade forte", garantiu, também: "Se alguém sair da minha vida, fica fora da minha vida, eu corto todos os laços. Acho que algumas pessoas se assustam com esta frieza. Acho, também, que muitas pessoas não sabem que por trás disso há uma boa pessoa, doce, que chora nas entrevistas".

A modelo falou, igualmente, sobre como tem conseguido equilibrar a maternidade com a carreira. "É difícil encontrar um equilíbrio entre ser mãe solteira e ser uma mulher trabalhadora", asseverou a mãe de Lea de Seine, de dois anos, fruto da relação com o ator americano.