Amber Heard lança novas acusações a Johnny Depp: "Monstro!"

Johnny Depp e Amber Heard na Selfie
Johnny Depp e Amber Heard chegam a acordo de divórcio
O divórcio milionário de Johnny Depp
Johnny Depp visivelmente mais magro, um ano após a separação
Amber Heard na Selfie

A conturbada separação de Amber Heard e Johnny Depp ganhou mais um capítulo. A atriz acrescenta, agora, novos pormenores às acusações de violência doméstica contra o ex-marido.

Em maio de 2016, Amber Heard acusou Johnny Depp de a ter agredido, o que acabou por levar ao divórcio do casal. Agora, a atriz chama-o de "monstro", e alega que o ator mudava, completamente, quando estava sob a influência de drogas e álcool.

A revista People lançou esta e outras novas informações. Segundo Amber Heard, durante uma viagem de Boston para Los Angeles, em 2014, Johnny Depp começou a atirar objetos à atriz, após uma crise de ciúmes por  com James Franco, que protagonizou uma cena romântica com Amber.

Johnny Depp negou as anteriores alegações anteriores de violência doméstica, respondendo com um processo de difamação.

Recorde-se que Heard e Depp se casaram em 2015 e que o divórcio do casal foi decretado em 2017.

Veja, agora, a galeria.