Com a namorada no Canadá, Ruben Rua assume: "Não nasci para ter uma relação à distância"

As fotos mais sexy de Ruben Rua no Instagram
Ana Arrebentinha: "Se me enviassem o Ruben Rua pelo correio, eu ficava logo melhor"
Os bastidores da nova campanha de Ruben Rua
Ruben Rua é o "Barman do Amor"
Ruben Rua e Fátima Lopes gravam 2.ª temporada de "First Dates"

Ruben Rua fez algumas revelações sobre a vida amorosa durante uma conversa com Cristina Ferreira.

Ruben Rua esteve no "Programa da Cristina" e desvendou como está o namoro com Amanda Amorim.

"É uma relação que se iniciou no último verão, por esta altura, maio, junho. Em junho começou a ganhar força e, de facto, a minha namorada não está cá, não vai estar cá nos próximos meses. Ela está em Vancouver, no Canadá. Demoras 13 horas a chegar lá", afirmou o modelo, antes de assumir que é difícil fazer a gestão da relação.

"É muito difícil. Custa-me muito. Não nasci para ter uma relação à distância. Nunca quis. Foi uma consequência inesperada", afirmou o, também, apresentador, desvendando: "O plano era um, vivermos juntos cá, mas houve uma proposta que mudou a nossa realidade. A decisão foi ficar lá e tem sido gerida à distância desde setembro."

Apaixonado, Ruben Rua fez questão de frisar: "Quando tu queres muito alguma coisa, tu consegues e eu acho que o amor também é assim! Esperamos mais uns meses, com esta realidade, que pode ser gerida, e é perceber o que se pode fazer para alimentar esta relação."

Durante a conversa, Ruben Rua desvendou, ainda, como foi o casamento, entretanto terminado, com a atriz Sofia Ribeiro: "Foi uma avalanche de emoções."

"Era uma relação recente. Tinha conhecido a Sofia há pouco tempo, estávamos juntos há seis meses. Foi uma avalanche de emoções. Para mim, para nós e para os meus pais, claro", contou, revelando que, agora, mantém uma relação cordial, e de amizade, com Sofia Ribeiro.

Ruben Rua acabou, também, por ser surpreendido com uma mensagem que a mãe tinha gravado e não conseguiu conter as lágrimas.

Cristina Ferreira acabaria por afirmar: "Nunca te vi assim dão desmanchado."