urlvisit

Manuela Marle fala sobre problema que a deixou à beira da morte: "Mais grave do que o Ângelo Rodrigues"

Manuela Marle contou que lutou contra uma infeção grave, que podia ter-lhe custado uma amputação.

Manuela Marle, de 65 anos, esteve à conversa com Cristina Ferreira e relatou um episódio que lhe podia ter custado a vida.

A atriz, que se tornou conhecida do grande público na novela "Vila Faia", em 1982, sofreu uma queda que a obrigou a ser submetida a uma cirurgia.

"Foi uma simples queda em casa. Enfiei o pé na alça do saco de ginástica, fraturei o colo do fémur e fui operada. Correu tudo muito bem, ao fim de 4 dias fui para casa, só com uma canadiana. Uma coisa perfeitamente normal", começou por descrever Manuela Marle, antes de relatar a fase mais dramática: "Atravessei uma fase complexa. É o flagelo deste século, as bactérias hospitalares."

"Acordei e tinha o joelho do tamanho de uma meloa. Pensei logo o que era. Como sou filha de médico, levei 40 anos da minha vida a ouvir falar de Medicina em casa. Não havia nada que enganar: era uma septicémia", referiu a empresária, que teve de ser submetida a uma nova cirurgia, de urgência, para retirar a rótula e limpar toda a infeção.

A atriz descreveu, ainda, que apesar das várias análises, a equipa médica teve dificuldade em descobrir qual o tipo de bactéria que a atacava: "É uma coisa parecida com o Ângelo [Rodrigues], mas mais grave, porque não conseguiam saber qual era a bactéria."

Manuela Marle acabou internada durante 24 dias, em isolamento, com doses massivas de antibiótico: "Chegaram a dizer que isto era um caso muito complexo e, se não melhorasse, teríamos que pensar em próteses, sem usarem a palavra amputação."