Nacional

Reveladas imagens e quem conduzia o carro de Cristiano Ronaldo, no acidente em Maiorca

O Bugatti Veyron de Cristiano Ronaldo esteve envolvido num acidente de viação, em Palma de Maiorca, e foram divulgados pormenores do que aconteceu.

A imprensa espanhola descobriu novos detalhes sobre o acidente que na segunda-feira, 20 de junho, envolveu um dos carro de luxo de Cristiano Ronaldo.

De acordo com o Diário de Mallorca, o condutor do Bugatti Veyron envolvido no acidente era um funcionário do futebolista. O homem seguia acompanhado de um outro funcionário, quando perdeu o controle da viatura, numa urbanização em Bunyola, em Palma de Maiorca.

O condutor terá feito "tentativas desesperadas para parar o carro", visíveis nas marcas de pneus que ficaram no local. Contudo, o funcionário de Cristiano Ronaldo não conseguiu evitar o embate numa pequena construção, na qual estavam guardadas algumas botijas de gás, na zona rural. 

Apesar dos estragos, visíveis nas primeiras imagens divulgadas pelo jornal espanhol, os dois ocupantes do veículo saíram ilesos do acidente.

O jornal espanhol noticia, ainda, que acorreram ao local membros da Polícia Local de Bunyola e da Guardia Civil, que abriram uma investigação ao acidente. Como não se registaram vítimas e os danos no anexo atingido não eram elevados, houve um "acordo amistoso entre as respetivas seguradoras".

Recorde-se que o Bugatti Veyron, avaliado em mais de dois milhões de euros, é um dos vários carros de luxo que ocupam a garagem de Cristiano Ronaldo. Adquirido em julho de 2016, esta é uma versão descapotável, limitada a 35 exemplares, que necessita apenas de capaz de 2,6 segundos para chegar aos 100 km/hora e a velocidade máxima atingida pode chegar aos 400 km/hora, graças aos 1200 cavalos de potência.

Veja, abaixo, as imagens do acidente.

Relacionados