Em lágrimas, Pedro Fernandes abre o coração: "Os filhos são a melhor coisa do mundo"

Igor Pires
Conta-me como és - Fátima Lopes entrevista Pedro Fernandes
Pedro Fernandes no "Conta-me Como És"
Kelly Bailey no "Conta-me Como És"
Ricardo Ribeiro no "Conta-me Como És"
Filomena Cautela no "Conta-me Como És"

O apresentador Pedro Fernandes teve uma conversa emotiva com Fátima Lopes, no programa "Conta-me como És".

Pedro Fernandes foi o convidado deste sábado, dia 13, de Fátima Lopes, no programa "Conta-me como És". Numa conversa franca, o apresentador abordou o seu trajeto pessoal e profissional.

No decorrer da entrevista, Pedro Fernandes foi surpreendido com vários testemunhos de familiares e amigos. Foi o caso dos avós do apresentador. Francisco Pacheco e Idalina António contaram algumas memórias da infância de Pedro Fernandes. Além disso, Idalina António mostrou-se bastante feliz por o neto trabalhar, agora, na TVI.

"Grande alegria que a avó teve quando me deste essa novidade, que ias trabalhar para a TVI! Mas quantas vezes pedi aos meus santinhos para tu ires para lá. Oxalá que sejas tão bem recebido como com o bom coração que tens para receber os teus amigos todos", afirmou a avó do concorrente de "A Tua Cara Não me é Estranha".

No final, Fátima Lopes ainda leu uma carta escrita pelos dois filhos: Martim, de seis anos, e Tomás, de 11, fruto da relação de mais de duas décadas com Rita.

"Estamos a escrever esta carta, porque não gostamos muito de falar para as câmaras. Acho que és uma pessoa simpática, amiga e és muito engraçado. És muito bom no teu trabalho, na rádio e na televisão, gosto de te ouvir todas as manhãs a caminho da escola. O que mais gosto em ti são várias coisas: as histórias que inventas, a tua maneira de ser e quando me fazes rir, todos os dias", começou por escrever Tomás.

"Gosto muito de ti, pai! Gosto da história do gigante dos pés de princesa que me contas e desafio-te a dizeres a história aí. Ah, e tens de falar alto, senão o público não consegue perceber. Gosto dos sítios onde me levas a passear. Acho que trabalhas muito bem na televisão e na rádio. És o melhor pai do mundo, porque acho que nenhum pai pode ser igual a ti", afirmou Martim.

Em lágrimas, Pedro Fernandes abriu o coração após estas duas demonstrações de amor: "É tão bom... Os filhos são mesmo a melhor coisa do mundo, não é? É aquele cliché que toda a gente diz e depois de os ter percebemos que é mesmo verdade. A nossa vida muda quando temos filhos. Passa a ser tudo feito em função deles. É claro que eu quero o meu bem-estar, mas o bem-estar deles vem em primeiro lugar. Dava a vida por eles, sem pensar duas vezes."

(Re)veja a entrevista na íntegra.