urlvisit

Júlio Isidro operado a aneurisma: "Dizer que sim à vida"

Júlio Isidro foi submetido a uma cirurgia ao aneurisma que lhe tinha sido detetado há quatro anos.

Foi o apresentador que revelou, numa publicação nas redes sociais, que foi submetido a uma cirurgia no passado dia 3 de setembro, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. 

Num longo texto, Júlio Isidro, de 74 anos, conta o diálogo com o médico que antecedeu a operação e revela o estado de espírito em relação à intervenção cirúrgica.

"O senhor tem um aneurisma na aorta com 5,9 centímetros. [...] Sabe que tem um assassino silencioso dentro de si?", perguntou-lhe o profissional de saúde, antes de Júlio Isidro justificar o porquê de ter adiado durante quatro anos a cirurgia: "Não foi o prazer do risco. A minha biografia estava para sair, um balanço de vida, a RTP Memória dava-me a oportunidade de estar em televisão e ser respeitado após tantos desrespeitos que tive que engolir em silêncio durante anos. Deve ter sido por isso que a aorta dilatou como um balão - uma gracinha fica bem nestes diálogos no fio da navalha."

Apesar de o clínico ter amenizado o discurso de seguida, Júlio Isidro resolveu que era altura de tratar o problema. "Tenha calma porque, em princípio, não vai morrer amanhã. Mas com esta dimensão começa a pisar os limites de segurança", ter-lhe-á dito o médico, o que levou o apresentador a "dizer que sim à vida" e avançar para a operação. 

"Então vamos operar, porque a minha vida não é morrer. Tenho duas filhas a crescer ainda mais e uma mulher que é o euromilhões da minha existência. E os aviões, e os livros, e viagens e alguns amigos", afirmou Júlio Isidro, que já em maio tinha preocupado os fãs em relação ao seu estado de saúde.

Já recuperado, o apresentador, que é casado com Sandra Isidro, mostrou-se grato a toda a equipa médica e direção da unidade hospitalar pelos cuidados ao longo de todo o processo e remata com a afirmação:  "Dizer que sim à vida, dizer que não à morte, dizer na despedida que o tempo é o mais forte."