Pais do Zé do Pipo falam sobre o desaparecimento do filho pela primeira vez

Zé do Pipo na Selfie

Manuel Luís Goucha esteve à conversa com os pais do cantor Zé do Pipo, que se encontra desaparecido há dois meses, no programa "Você Na TV".

Numa entrevista exclusiva ao programa da manhã, o apresentador ficou a saber o que Carlos e Rosa pensam sobre o desaparecimento do filho. Devastados, o casal relatou o início das buscas, explicando que as autoridades tiveram que pôr fim à investigação, e relataram, ainda, todo o drama que envolveu o desaparecimento e as suspeitas de suicídio. 

Convencidos do pior, os pais de Zé do Pipo confessaram não alimentar esperanças, relativamente ao regresso do filho, acreditando mesmo que o cantor tenha cometido suicídio, devido ao diagnóstico de depressão e bipolaridade: "Derivado à doença que ele tinha, à bipolaridade, muito avançada. Derivado a certas coisas a que ele recorreu... para ver [por exemplo] marés. Chegou a dizer ao psiquiatra que faria o que temos no pensamento.

Chegou a dizer à mulher que, se um dia fizesse, que o perdoasse, e deixou de ter intimidade com a família, ligar à família, e de dizer que sentia alguma coisa pela vida, ou por nós.

Perante vários sinais de alerta, os pais do artista fizeram o que estava ao alcance, e ajudaram o filho como conseguiram. No entanto, uma semana antes do desaparecimento, o casal diz que o filho deu sinais de melhoria, no entanto acreditam que tal tenha sido uma manobra para que Carlos e Rosa baixassem as guardas. 

Carlos e Rosa acreditam que o facto de o psiquiatra ter dito que a medicação prescrita não era compatível com a vida de espetáculos tenha ditado o desfecho dramático: "Porque ele, a partir desse momento, caiu mesmo na sua dor".