urlvisit

Após denúncia de Maya, IRA revela pormenores do caso

Maya

Maya denunciou um caso de maus tratos, através do Facebook, com fotografias de animais em condições deploráveis. Entretanto, a IRA já se pronunciou.

"Uma dita 'figura pública' que alega estar a divorciar-se de uma outra figura pública tem os cães neste estado ( fome , falta de água, higiene inexistente, risco de doença). Na casa, vivem crianças que podem também estar em risco", relatou a taróloga, alegando maus tratos, visíveis nas imagens publicadas.

"Quando não se tem recursos ou estabilidade emocional pede-se ajuda. Isto é crime ! E as autoridades? Olham para o lado?", concluiu.

Entretanto, a IRA tem o caso em mãos e já se pronunciou, com o seguinte texto: "Relativamente à denúncia para 2 canideos em situação de abandono, mal nutridos e sem garantias das condições para o bem-estar dos animais, pedimos que cessem o envio das mesmas para nós uma vez que já nos estivemos no local e estamos a efectuar as devidas diligências em conformidade. Já falámos com a detentora dos animais e estamos a avaliar as circunstâncias."

"Dos 3 animais presentes no pátio frontal, apenas 1 tem microchip. Dos 3 animais presentes, apenas 2 apresentavam uma condição corporal de magreza, sendo a mesma justificada pela sua detentora como "idade sénior" e nenhuma corroborada com a apresentação de qualquer documento legal (ex. boletim sanitário). A mesma alegou que a detenção dos animais é da responsabilidade do seu ex-marido e não da própria. Pediram ajuda ao IRA, foi mobilizado um delegado para avaliar a situação e agiu-se em conformidade com as circunstâncias. Serão reportadas às autoridades competentes e disponibilizados meios para resgate ou acolhimento se necessário", acrescentou a Intervenção e Resgate Animal.

Quanto à identidade da figura pública em questão já foi revelada. Trata-se de Bastet, ex-mulher do guitarrista dos Xutos & Pontapés João Cabeleira.