No Instagram

Filhos de Britney Spears evitam a mãe? Cantora e marido respondem a polémica!

A cantora Britney Spears e o marido, Sam Asghari, partilharam, no Instagram, um esclarecimento, após uma entrevista polémica de Kevin Federline, ex-companheiro da artista.

Numa entrevista polémica, concedida ao site do jornal "Daily Mail", Kevin Federline, ex-marido de Britney Spears e pai dos filhos da cantora - Sean, de 16, e Jayden, de 15 anos -, contou que os adolescentes têm evitado, há meses, estarem com a mãe e nem sequer quiseram marcar presença no casamento da cantora com Sam Asghari, uma cerimónia que decorreu no passado mês de junho.

Kevin Federline sublinhou, também, que, para os filhos, foi "difícil" acompanhar todo o processo polémico da tutela da qual Britney Spears se libertou após 13 anos. O bailarino criticou, ainda, a frequente partilha, no Instagram da cantora, de fotografias, na qual a mesma posa nua.

"Tento explicar-lhes que, talvez, seja outra maneira de ela se tentar expressar. Mas isso não faz com que eles não passem pelo que estão a passar. É duro. Não consigo imaginar como é ser adolescente e ter de ir para a escola", lamentou.

Recorrendo ao Instagram, Britney Spears não se mostrou indiferente a estas declarações. "Entristece-me saber que o meu ex-marido decidiu discutir a minha relação com os meus filhos", começou por desabafar a cantora, de 40 anos.

"Como todos sabemos, educar adolescentes nunca foi fácil, para ninguém. Preocupa-me o motivo ser baseado no meu Instagram. Foi muito antes do Instagram", continuou. "Uma palavra: 'doloroso'… Vou dizer… A minha mãe disse-me: 'Tu devias dá-los ao pai deles'… Partilho isto, porque posso", acrescentou. "Dei-lhes tudo", garantiu, ainda.

Entretanto, numa outra publicação, Britney Spears continuou a desabafar: "Além do que disse nas minhas stories... Tal como a madrasta deles diz: 'O que quer que esteja a acontecer fora desta casa não tem nada a ver com esta casa.'. […] Lembre-se de que os traumas e insultos que vêm com a fama não me afeta apenas a mim, como, também, aos meus filhos! Sou, apenas, humana e dei o meu melhor. […] Outros artistas fizeram muito pior, quando os respetivos filhos eram extremamente jovens."

Britney Spears recordou, ainda, as limitações impostas pela tutela: "Precisava de permissão para tomar paracetamol! […] Não estou surpreendida que, assim como a minha família fez a sua cota de entrevistas, eles também farão. Não estou nem um bocadinho surpreendida com o comportamento deles e a abordagem com que tive de lidar."

Sam Asghari, marido de Britney Spears, quis, igualmente, esclarecer algumas declarações prestadas por Kevin Federline: "A minha mulher nunca publicou uma selfie nua, exceto do rabo. Todas as outras publicações são nudez implícita, que pode ser vista em qualquer anúncio de sabonetes. Não são válidas as suas declarações sobre as crianças se distanciarem e é irresponsável fazer essa declaração pública. Os meninos são muito inteligentes e, em breve, vão completar 18 anos, para poderem tomar as próprias decisões, e podem, eventualmente, perceber que a parte 'difícil' foi ter um pai que não se esforçou, em mais de 15 anos, para ser um exemplo para os filhos."

Após sublinhar que não conhece Kevin Federline pessoalmente e que não tem nada contra o mesmo - para além daquelas que considera ser difamações contra Britney Spears -, Sam Asghari criticou a opinião favorável de Kevin Federline sobre a tutela da cantora: "Coisas que, agora, são consideradas normais e comportamentos facilmente resolvidos com terapia ou de outras maneiras foram ampliados para justificar uma sentença de 13 anos de prisão. Qualquer pessoa que aprove isso está errado ou está a beneficiar-se disso de alguma forma. Não vou comentar este assunto, outra vez, exceto para dizer que tenho um emprego."

Recorde-se que a relação de Kevin Federline e Britney Spears sempre foi tumultuosa. Foi em 2004 que o dançarino se casou com Britney Spears e, em 2006, dois meses após o nascimento de Jayden, a artista pediu o divórcio. Entretanto, Britney Spears foi hospitalizada, por abuso de substâncias e, em janeiro de 2008, Kevin Federline conseguiu ficar com a custódia dos filhos, sendo que, no mês seguinte, o pai da cantora recebeu a tutela que se prolongou durante 13 anos.

Veja, agora, os esclarecimentos de Britney Spears e Sam Asghari, na galeria que preparámos para si.

Relacionados