Acusada de ser mãe ausente, Blaya responde à letra: "Gostava de ter o dom de ficar calada"

Blaya na Selfie
Os bastidores do novo videoclipe de Blaya
Acusado de difamar Blaya, Pedro Russo quebra o silêncio
Dança sensual de Blaya provoca "alerta vermelho" nas redes sociais
Blaya no videoclipe do tema "Faz tão gostoso"

Blaya não se mostrou indiferente às mais recentes críticas de que foi alvo, e pôs um ponto final nos rumores de ser uma mãe ausente.

"Gostava de ter o dom de ficar calada, quando tenho que ficar", começou por escrever a cantora, antes de explicar como ficou a saber que tinha sido acusada de não ter estado presente na educação da filha, Lau, tanto como o pai da menina, Pedro Russo. 

"Mandaram-me um comentário que alguém fez, num dos vídeos do Pedro, a dizer que ele tinha cuidado da Lau, praticamente, sozinho durante 2 anos.... e a minha pergunta é: quando as mulheres preferem ficar em casa com os filhos, e o marido sai para trabalhar, também é assim que pensam? Quando o marido faz questão de os levar para todos os trabalhos que tem, é assim que pensam? Quando o marido passa 24 horas com eles, mas não expõe [isso] nas redes sociais, também é assim que pensam?", acrescentou.

"Então, será que 70% dos filhos são criados praticamente sozinhos pela mãe, ou pelo pai? 10% pelos dois? Ah, e já agora... quando vão para o infantário, quer dizer que as educadoras cuidaram, praticamente, sozinhas dos filhos dos outros...", concluiu.

Recorde-se que Aura é fruto da relação, entretanto terminada, de Blaya com Pedro Russo.