EXCLUSIVO

Cláudio Ramos revela a quem confiou o segredo sobre ida para a TVI

Cláudio Ramos revela a quem confiou o segredo sobre ida para a TVI
Acompanhámos a visita de Cláudio Ramos à casa do "Big Brother"
5 coisas que ninguém sabe sobre Cláudio Ramos
O primeiro dia de Cláudio Ramos na TVI
Cláudio Ramos na Selfie

No primeiro dia na TVI, Cláudio Ramos esteve à conversa com a SELFIE e desvendou como está a viver a concretização do sonho de ser apresentador do "Big Brother".

- Ao fim de 20 anos a trabalhar em televisão, o que o motiva a abraçar este desafio?
Exatamente o desafio. Fui concorrente do "Big Brother", sigo todos em vários países, é um formato que eu gosto, é uma experiência social no seu todo, num formato real que eu aprecio. Portanto, se não fosse por mais nada, seria por vir apresentar este desafio.

- Enquanto concorrente do "Big Brother", alguma vez sonhava que viria a apresentar o programa?
Eu sonhava, porque era uma coisa que eu queria, mas não sabia se se viria a concretizar... Também sonho que me sai o Euromilhões, mas, para isso, eu jogo. Agora, para cá estar, tive de trabalhar. A minha vinda é fruto do trabalho árduo que fui fazendo ao longo dos anos. Estou convencidíssimo que estou preparado para dar um grande "Big Brother" às pessoas. Não tenho dúvidas sobre isso!
 
- Quem foi a primeira pessoa da família a saber que vinha para a TVI?
A minha filha. Ela soube ontem, mas já sabia que andava em negociações. De resto, a minha família vive toda no Alentejo e vivem muito à parte de tudo isto. Eles querem é o melhor para mim. Já os meus amigos ficaram preocupados com aquilo que qualquer mudança implica, como é óbvio, mas apoiaram-me.
 
- Desde que foi anunciada a vinda para a TVI, quantas vezes tocou o seu telefone?
Muitas, mas não atendi nenhuma! (risos) Mentira: falei com o Manel [Luís Goucha], que me ligou ontem de manhã, e vou retribuir, obviamente, todas as chamadas e mensagens que recebi, e que foram muitas.
 
- Alguma mensagem especial?
Sim, mas eu guardo sempre as mensagens todas para mim. Recebi algumas muito positivas e há uma onda de energia positiva de várias pessoas - algumas que eu não esperava. Fico contente por saber que venho para um projeto com uma energia positiva muito boa, é porque a coisa vai resultar.
 
- Quais as suas principais características que serão uma mais-valia para o programa e para a TVI?
Nisto e em qualquer projeto, as minhas principais características são: a verdade e a entrega. Se num programa como o "Big Brother", que é a realidade vista de fio a pavio, lhe deres verdade e entrega, acho que resulta. O público em casa gosta disso. Eu estou sempre do lado do público, pois sou um espectador do programa. E o que quero do apresentador do programa? A entrega e a verdade daquilo que se vê ao longo do [canal] 24, que, depois, se vai resumir ao longo dos momentos que nós temos. É isto que eu quero: verdade e entrega. E um Cláudio exatamente como as pessoas o conhecem, com verdade e entrega, adaptado a um formato que exige determinadas características.
 
- Em resumo: vale a pena sonhar?
Só vale mesmo a pena se nós sonharmos!