Internacional

Após operação, Anitta não pode ter relações sexuais durante duas semanas

A cantora Anitta foi submetida a uma cirurgia para tratar a endometriose e, agora, a cantora tem de estar em repouso absoluto.

  • 28 jul, 10:50
Redação

A cantora Anitta, de 29 anos, sofre de endometriose e submeteu-se a uma cirurgia para tratar a condição inflamatória crónica, provocada pelo crescimento anormal de células do endométrio fora do útero, em locais como: intestinos, ovários, trompas de falópio ou bexiga.

Agora, depois de ter tido alta hospitalar, a artista tem de estar em repouso absoluto para recuperar da operação. Segundo a imprensa brasileira, de acordo com declarações feitas pela ginecologista Amanda Alvarez, a cantora não pode ter relações sexuais durante duas semanas.

"Existem várias cirurgias de endometriose, porque é uma doença que poder ser mais leve ou mais severa. Quanto maior o grau de endometriose, maior vai ser a cirurgia e mais lenta será a recuperação", começou por explicar a ginecologista, citada pelo jornal Folha de São Paulo.

Amanda Alvarez revelou, também, que o repouso pós-operatório "é importante" e é necessário seguir-se "as recomendações médicas". "Nós, médicos, pedimos que o paciente não tenha relações sexuais, pelo menos duas semanas depois da alta", rematou.

Relacionados

Patrocinados