Pai de Georgina Rodríguez morreu sem conhecer a neta e Cristiano Ronaldo: "Tivemos má sorte"

Ao lado de Georgina Rodríguez, Cristiano Ronaldo assiste a jogo em Alvalade
A coleção de carteiras de luxo de Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo comparece em Tribunal ao lado de Georgina Rodríguez
Georgina Rodríguez encanta o mundo ao homenagear cultura islâmica

Georgina Rodríguez assumiu, numa entrevista à revista Hola!, que o pai morreu sem conhecer a neta e Cristiano Ronaldo.

"Destroçada", como se auto-definiu, Georgina Rodríguez contou que o pai, que morava na Argentina, não chegou a conhecer a única filha que a bailarina teve, até ao momento, com Cristiano Ronaldo.

"Ele não podia viajar e os bebés são muito pequenos para tanta viagem em tão pouco tempo. São muitas horas de avião e a saúde dele estava muito delicada", justificou a espanhola que, revelou que, apesar de não conhecer Cristiano Ronaldo, o pai era fã do jogador: "O meu pai era muito reservado e não gostava que o vissem como estava. Tivemos má sorte. Ficou doente quando conheci o meu namorado".

Contudo, o pai não deixou de aconselhar a filha quando teve conhecimento do romance: "Ele sempre me disse para ser quem sou e que isso faria com que nós tivessemos uma boa relação".

Recorde-se que Jorge Eduardo Rodríguez Gorjón morreu, aos 70 anos, em Buenos Aires, vítima de complicações decorrentes de um AVC, no último dia do mês de janeiro.