Manuel Luís Goucha: "Muitas pessoas estavam a torcer para que me espalhasse"

Goucha: "Temos de dar tempo às famílias para se habituarem a ter um filho homossexual"
Manuel Luís Goucha sobre Gabriela e César: "Temo pela saúde desta relação"
Manuel Luís Goucha já escolheu os fatos para todas as galas da "Casa dos Segredos"
Manuel Luís Goucha: "Entendam os amuletos como uma brincadeira"

Manuel Luís Goucha esteve à conversa com Fátima Lopes, no programa "A Tarde é Sua", e confessou que se sentiu em pânico, na gala de estreia da "Casa dos Segredos 7".

O apresentador da TVI admitiu que estava muito nervoso, quando arrancou este novo desafio, e chegou a brincar com a situação: "Quando arrancou o genérico, estava atrás da porta. Senti-me a desmaiar e pedi açúcar [risos]".

Manuel Luís Goucha sempre disse que "não acreditava em nada", mas tem algumas superstições: "Quando o ensaio geral corre bem, cuidado com a estreia! Quando o ensaio geral corre mal, a estreia corre bem. Neste caso, o ensaio geral tinha corrido espantosamente bem e, portanto, ia ali um bocadinho apreensivo."

"Vamos discutir temas que têm a ver com a nossa sociedade, nomeadamente, alguns temas que são verdadeiros flagelos", avançou o apresentador.

Em relação à estreia, Goucha sabia que tinha várias pessoas a apoia-lo, mas também quem quisesse que o programa não corresse da melhor forma: "As expetativas estavam muito altas. Acredito que beneficiei do factor surpresa. Eu tinha muitas pessoas a torcer por mim, e muitas pessoas estavam a torcer para que me espalhasse. Alguns até fazem parte da nossa classe artística, digamos assim."