Acusado de abuso sexual, Ed Westwick, de "Gossip Girl", quebra o silêncio

Ed Westwick na Selfie

Depois de ter sido acusado de abuso sexual pela atriz Kristina Cohen, Ed Westwick decidiu quebrar o silêncio.

Incapaz de ficar indiferente, o ator de "Gossip Girl" recorreu às redes sociais para se defender das acusações.

"Não conheço essa mulher. Nunca forcei uma mulher a nada, de nenhuma forma. Claramente, nunca cometi uma violação", sublinhou.

Recorde-se que Kristina Cohen expos o alegado caso de abuso sexual através das redes sociais, recordando que tudo aconteceu há três anos.

“Namorei com um produtor que era amigo do ator Ed Westick. Foi esse produtor que me levou a casa do Ed, quando o conheci pela primeira vez. Quis ir embora quando o Ed sugeriu que ‘todos fizéssemos sexo’, mas o produtor não queria que o Ed ficasse desconfortável. O Ed insistiu para ficarmos para o jantar. Disse que estava cansada e que queria ir para casa numa tentativa de me livrar daquela situação desconfortável. O Ed sugeriu que fosse descansar para o quarto de hóspedes. O produtor disse que ficávamos mais 20 minutos e depois íamos embora. Então fui para o quarto, deitei-me e acabei por adormecer. Acordei abruptamente com o Ed em cima de mim, com os seus dedos a entrar no meu corpo. Disse para ele parar, mas ele era muito forte. Lutei com ele o máximo que pude, mas ele agarrou-me o rosto com as mãos, abanou-me, e disse que queria fazer sexo comigo. Fiquei paralisada, aterrorizada. Não conseguia falar, não conseguia mexer-me. Ele segurou-me e violou-me. [...] O produtor disse que a culpa foi minha, que fiz por vontade própria. Ele dizia-me que não podia contar nada porque o Ed vinha atrás de mim e iria destruir-me, que podia esquecer a minha carreira de atriz”, contou

 

A post shared by Ed Westwick (@edwestwick) on