"Jornal da 8": Marco Paulo quebra o silêncio sobre rumores de doença

Ana Albernaz

Após várias notícias que o davam como doente, Marco Paulo foi ao "Jornal das 8", na TVI, para esclarecer os rumores e afirmou: "com a minha saúde não brinco".

Operado a um rim, novamente a lutar contra um cancro e acamado foram alguns dos rumores que invadiram a imprensa nacional nas últimas semanas a propósito da saúde de Marco Paulo.

Sempre preocupado com os fãs, o cantor resolveu ir ao "Jornal das 8", da TVI, explicar o que se passou.

Marco Paulo sentiu-se mal durante o concerto de 30 de abril, no Coliseu do Porto, e, depois disso, cancelou um espetáculo na ilha do Pico, nos Açores, e tudo se deveu a "uma quebra de açúcar no sangue e uma quebra de tensão", explicou o cantor, que agradeceu o tratamento que recebeu, bem como o apoio dos fãs. "Fui para o hospital de Santo António, onde fui muito bem tratado. Quero agradecer às minhas fãs, aos portugueses, por todo o apoio que nestes últimos dias me têm dado", esclareceu Marco Paulo à jornalista Cristina Reyna, descrevendo que, se tivesse continuado em cima do palco, podia ter desmaiado.

"Peço imensas desculpas por não ter cantado o ‘Sempre que Brilha o Sol’, mas se cantasse possivelmente ficava ali no palco. Ainda bem que me retirei a tempo", descreveu o cantor, esclarecendo que tem feito exames e que os médicos "estão descansados". "O meu médico, que me conhece há 30 anos, está descansado. Eu só cancelei um concerto e foi esse concerto que despoletou isto tudo", salientou, referindo-se ao concerto agendado para dia 22 de julho, que foi cancelado no início do mês "por precaução".

Para Marco Paulo as notícias veiculadas são exacerbadas. "São rumores que me magoam""fiquei mais doente com aquilo que li e ouvi do que propriamente com o meu problema de saúde", disse o cantor, que esclarece que apenas precisou de descansar. "Foram dois anos muito cansativos para mim", afirmou, perentório, aproveitando ainda para desmentir que tenha sido submetido a uma cirurgia: "Não fiz nenhuma operação ao rim. Isso foi no ano passado".

O cantor mostrou-se ainda abalado com as falsas notícias que citam fontes próximas. "As pessoas que estão próximas de mim não brincam com a minha saúde. Como é possível uma pessoa próxima ir dar uma notícia que é mentira?", questionou, frisando ainda: "O mais importante para mim é a minha saúde e com a minha saúde não brinco".

No final, o cantor revelou que está a preparar um disco novo e que vai começar os ensaios para o concerto no Campo Pequeno, que encerra a Tour Amor Eterno, agendado para o próximo dia 27 de outubro. "Não querro chora, quero sorrir, porque eu estou bem", rematou, emocionado.