Judite Sousa: "O que é que esta pessoa sabe de mim para ter escrito isto?"

Judite Sousa e o filho, André Sousa Bessa
Judite Sousa a cobrir as eleições francesas
Judite Sousa na capital francesa

Foi através do blogue pessoal que a jornalista partilhou um texto, no qual reflete sobre o quanto as palavras e as atitudes podem fazer sofrer. A jornalista falou ainda sobre o preconceito, de que tantas vezes foi alvo, e afirmou ser bem diferente da imagem que têm dela.

"Há palavras e atitudes que nos fazem sofrer. E muito. Quando são escritas por alguém que não nos conhece, essa pequena dor é mais intensa. É forte a sensação de injustiça. E a pergunta é: o que é que esta pessoa sabe de mim para ter escrito isto a meu respeito? Nós, jornalistas, narramos factos e escrevemos opinião. É o ofício que quando toca a nossa pessoalidade nos pode deixar tristes e zangados. Penso que não há ninguém que possa dizer nunca ter sido alvo de preconceito. Eu já fui muitas vezes. As pessoas fazem de mim a imagem que vêem na televisão quando na realidade sou bem diferente: divertida (não devia ser eu a dizê-lo, com uma gargalhada estridente – é mesmo assim!), um pouquinho de ingenuidade à mistura, impulsiva, cem por cento razão em termos profissionais, cem por cento emoção em termos pessoais. Vem isto a propósito de uma viagem profissional em que existia o tal preconceito à minha volta. Passados poucos dias, tal ideia estava a ser totalmente reconstruída. Regressei shinning star", escreveu Judite Sousa.

Recorde-se que a pivô e diretora-adjunta de Informação da TVI perdeu o único filho, André Sousa Bessa, num acidente, em 2014.

Acompanhe o blogue da jornalista AQUI