James Arthur viciado em sexo e droga depois de relacionamento com Rita Ora

James Arthur na Selfie

James Arthur lançou uma autobiografia, na qual fala abertamente sobre a relação com Rita Ora, o vício em drogas e em sexo e ainda sobre as batalhas que travou com alguns problemas mentais.

Em “Back to the Boy”, o cantor britânico fez revelações surpreendentes sobre a relação que manteve com a artista Rita Ora. De acordo com um excerto publicado pelo jornal The Sun, James Arthur terá confessado ter passado "noites fantásticas" com a cantora e que terá ficado totalmente devastado quando esta terminou o namoro.

O vencedor do X Factor terá começado o relacionamento com Rita Ora em 2012, quando ainda era concorrente do “talent show”. Segundo o músico, a cantora chegou mesmo a dizer que estava apaixonada por ele, mas terá ficado completamente “devastado” quando viu fotografias de Rita Ora com outros homens em diversas publicações tablóides.

Terá sido o fim abrupto desta relação que despoletou os problemas de adição de James Arthur.

"Falei com centenas de mulheres online ou pelo WhatsApp, troquei números de telemóvel com elas, e comecei a dormir com tantas que lhes perdi a conta. Se visse alguém de quem gostasse, contactava-a nas redes sociais e dizia-lhe na cara que queria ter sexo", citou o jornal.

 

“Tive muitos encontros sexuais dos quais nem sequer me lembro, porque estava drogado. Senti-me constrangido por ter ganhado peso e às vezes insistia em manter a t-shirt vestida durante as relações sexuais, porque me sentia gordo e nojento”.

De acordo com o The Sun, o cantor falava com estas raparigas e convidava-as para estarem com ele, “uma durante o dia, outra para a noite, depois uma diferente na manhã seguinte”.

Para além disto, o músico revelou ainda que começou a sofrer ataques de pânico antes das performances no X Factor e que o programa foi “uma mancha” na sua memória, “porque estava muito drogado de antidepressivos sempre que subia ao palco".