EXCLUSIVO

Inês Gutierrez: "Tinha 12 anos e ainda acreditava no Pai Natal"

Conheça Inês Gutierrez, o novo amor de João Montez

A época natalícia está aí à porta e Inês Gutierrez aceitou o desafio de responder ao quiz de Natal da Selfie. Surpreenda-se!

1. Natal é...

... encontros, família e amor.

2. Qual é a memória mais especial que guarda do Natal?

Sempre que oiço um "oh oh oh", uns sinos e alguém a tocar à campainha. Esta é a memória mais especial que tenho do Natal... ainda hoje!

3. O que é que costuma comer na noite de Consoada e qual o doce favorito?

Desde o perú, ao bacalhau, à aletria e a todos os bolos e mais alguns... No que toca ao Natal, sou uma sortuda! Desejava que todas as crianças tivessem um Natal como o meu... é único!

4. Quantos presentes costuma oferecer e quantos recebe? Pensa e compra com antecedência ou é tudo à última hora? Tenta oferecer sempre presentes personalizados?

Tenho uma família muito grande e, por isso, a troca de presentes também é sempre grande. Todos os anos penso: "Este ano vou comprar tudo com muito antecedência", mas acabo sempre por deixar para a última hora. Mas os presentes que têm mais significado são sempre os personalizados, os que dou às pessoas mais especiais e esses, sim, têm que ser pensados atempadamente.

5.​ Para quem é o presente de Natal mais difícil/especial de escolher?

Sinceramente, não há presentes difíceis. Eu adoro dar prendas e quanto mais especiais são as pessoas, mais ideias tenho, por isso, não costuma ser uma tarefa difícil.

6. Qual é o presente de Natal ideal para si?

O melhor presente que posso ter no Natal é ver a família reunida e bem reunida... boa comida, boa disposição e boas pessoas à minha volta.

7. Costuma fazer a árvore de Natal? Sozinha ou com ajuda?

Faço sempre e árvore de Natal com os meus dois irmãos.

8. Quem é que se costuma vestir de Pai Natal? Até quando acreditou?

O Natal sempre foi uma grande tradição na minha família. Tenho muitos primos e, portanto, muitas crianças também. Há sempre um tio que se veste de Pai Natal (com uma vestimenta à séria!) e todos os natais temos um serão bem passado com o Pai Natal, com troca de mimos, de prendas e de conversas. E é sempre tudo muito bem feito, desde o disfarce ao teatro que é montado, e admito (com muito orgulho até) que acreditei no Pai Natal até mais tarde do que todos os meus amigos. Tinha 12 anos e ainda acreditava no Pai Natal. Quando percebi que as mãos do meu tio eram as mãos do Pai Natal, porque se esqueceram das luvas, foi uma grande tristeza na altura. Mas a verdade é que, ainda hoje, sempre que vejo um Pai Natal, fico muito entusiasmada, como se revivesse todos esses natais mágicos.

9. Quando, onde com quem costuma passar o Natal?

Passo o Natal com a minha família, sempre. Este ano será o dia 24 com a família materna e o dia 25 com a paterna, porque o ano passado foi ao contrário. Todos os anos vou trocando!

10. Qual a figura favorita do Presépio?​

A minha avó demora dias a fazer o Presépio... É ela própria que o faz! Fico sempre horas, perdida, a olhar para tudo o que ela criou, um trabalho muito meticuloso com todas as figuras, por isso, não consigo escolher nenhuma... seria injusto!