EXCLUSIVO

Pivô da TVI Patrícia Matos abraça novo projeto

Patrícia Matos na Selfie

"Deve ser de mim" é o nome da nova plataforma digital da jornalista Patrícia Matos. A pivô do "Diário da Manhã" conversou, em exclusivo, com a Selfie, sobre este projeto tão especial.

Como surge a ideia deste blog? Alguém a desafiou?

Este blog surgiu pela vontade de saltar o Facebook e o Instagram. A ideia surgiu durante uma conversa com três grandes amigos, que me deram um gigante empurrão e lembraram-me que o caminho é em frente! Siga! Além disso... Estamos a caminhar para o futuro e, sim, eu quero lá estar! Quando percebi que eu e os responsáveis da Media Capital estávamos em sintonia... ainda fez mais sentido. 

A sua relação com as plataformas digitais e as redes sociais já não é novidade...

Não é novidade. Ao todo, o Instagram e o Facebook já contam com quase 40 mil seguidores. É um número bastante simpático, acho eu, e já nos permite pensar em qualquer coisa mais definitiva e duradoura. Estas coisas perduram e isso é bom. 

Que tipo de conteúdos vamos poder encontrar no blog?

Tudo. As minhas manhãs, as minhas formações, as minhas viagens, o meu doutoramento, as histórias que me caem no colo e que não posso guardar para mim, as perguntas essenciais que preciso fazer a alguém, o sítio certo e a hora certa em que a notícia acontece. Sou uma privilegiada e estou muito grata por isso. Não posso guardar só para mim, tenho de partilhar isso.

Uma pessoa que acorda de madrugada para "entrar na casa dos portugueses", e que ainda está a tirar um doutoramento, consegue arranjar tempo para um projeto digital?

Com vontade, tudo se consegue. O dia de toda a gente tem 24 horas. É igual para todos. O tempo é o que nós fazemos com ele.

Como foi escolhido o nome do blog: “Deve ser de mim”?

Já viste que tudo deve ser de mim?! Se está sol, se está chuva, se correu bem ou mal, se estou triste ou alegre... Tudo deve e até pode ser de mim. A comunicação tem que ser simples, lógica e eficaz. Esta é uma expressão que usamos todos os dias. Quem não usa... vai passar a usar!

Já pode visitar o novo blog, aqui.