Em lágrimas, Sérgio Conceição recorda a morte dos pais

Cristina numa conversa intimista com Sérgio Conceição

Sérgio Conceição é capa da edição de agosto da revista Cristina e abriu o coração em entrevista à apresentadora. O treinador não conteve as lágrimas, ao falar sobre o momento mais difícil da sua vida: a perda dos pais.

O técnico do Futebol Clube do Porto falou sobre a sua carreira, a família e os dois momentos trágicos que marcaram, para sempre, a sua vida.

"Lembro-me de assinar com o Futebol Clube do Porto depois de dois/três meses de insistência por parte dos dirigentes... no dia a seguir à assinatura do contrato, ele [o pai] faleceu", recordou Sérgio Conceição.

Tinha apenas 16 anos quando perdeu o pai, num acidente de aviação, e, aos 18 anos, perde o único pilar que ainda lhe restava, a mãe.

"Esse foi o momento mais difícil da minha vida [morte da mãe], pensei em deixar o futebol. Ela faz-me falta nas coisas mais básicas... num abraço, num beijo. Continuo todos os dias a pensar neles", contou Sérgio Conceição, em lágrimas.

A conversa com o treinador dos dragões também marcou Cristina Ferreira: "É das pessoas de quem guardo mais emoções de entrevista."

No final, Sérgio Conceição confessou à apresentadora da TVI que foi a entrevista mais difícil que deu: "Porque me levaste a sítios dos quais eu nunca tinha falado."